Regras entraram em vigor nesta quinta-feira (25), sendo mais rígidas (Foto: Marcello Casal Jr./ Agência Brasil)

As regras de utilização de máscaras em aviões e aeroportos ficaram mais rígidas. Aprovadas pela Anvisa nesta quinta-feira (25), as normas levam em consideração o agravamento da pandemia em todo o território nacional e o surgimento de novas cepas da Covid-19.

A partir de agora, os passageiros não podem mais utilizar lenços, bandanas e máscaras de acrílico ou com válvulas. Os protetores faciais, face shield, podem ser usados, desde que a pessoa esteja com uma máscara por baixo.

As máscaras de tecido devem ter camadas de tripla proteção. A norma também informa que aquelas de uso profissional, como as cirúrgicas e as N95/PFF2, são ideais, e que todas as proteções devem cobrir nariz e boca.

Para menores de três anos de idade e pessoas com deficiências que impeçam o uso adequado, as máscaras são facultativas. 

Fonte: Brasil 61