Tiradentes é berço da história mineira e uma das cidades mais visitadas do mundo, tendo no turismo sua principal economia. Como em todo o mundo, o município foi afetado pela pandemia do coronavírus, que impactou todos os setores da cidade.

Em entrevista ao Jornal Panorama, o prefeito de Tiradentes Nilzio Barbosa, conhecido como Pinto, abordou sobre o ensino não presencial, as expectativas para o mandato e como vem enfrentando os efeitos da covid-19.

Prefeito Nilzio Barbosa (Foto: Prefeitura de Tiradentes)

JP – Prefeito, conte pra gente um pouco sobre o senhor e de onde surgiu a vontade de entrar na política.

Prefeito Nilzio – Eu nasci na política, é uma tradição familiar (risos).

Meu pai foi prefeito. Na época eu participava com ele de diversas reuniões políticas na minha casa, inclusive quem ia muito era o governador Tancredo Neves e através disso eu fui acompanhando e interessando pelo assunto.

Por volta de 1980, eu e meus irmãos fomos convidados a sermos candidatos a vereador. Eu aceitei e fui eleito como o mais votado.

A partir disso, a vontade de querer fazer mais por nossa cidade foi aumentando e então saí como candidato a prefeito. Posso dizer que minha família tem raízes políticas.

O avô da minha esposa já foi prefeito. Meu filho, Felipe, também foi vereador por dois mandatos e meu irmão, Nilton Barbosa, que não quis seguir na vida política, já esteve também na câmara de vereadores. Hoje, Nilton Júnior, meu sobrinho, segue como representante no legislativo.

Costumo dizer que eu tive a vocação para a vida pública. O amor pela cidade e a vontade de ajudar socialmente as pessoas me fizeram voltar a disputar as eleições e hoje estar aqui mais uma vez.

JP – Esta não é a sua primeira vez no cargo; o senhor já foi prefeito em outra ocasião. Quais as principais diferenças que o senhor vê entre seus mandatos?

Prefeito Nilzio – É outra forma de administrar. As leis mudaram muito. Temos que seguir a lei de responsabilidade fiscal que impõe o controle de gastos do município.

Lidamos constantemente com denúncias. Seja pelo fato da ausência de um documento ou atrasos na entrega das obras. Existem vários fatores que levam o promotor a investigar e abrir um processo contra a prefeitura. 

Seria bem mais fácil eu querer fazer alguma coisa e não ter toda uma burocracia. São vários processos que precisamos seguir, muitas documentações e requisições.

O controle interno está diretamente ligado às compras e aquisições da prefeitura, além das licitações que precisamos seguir para contratar algum serviço e adquirir equipamentos.

Temos em nossa cidade muitos conselhos municipais que são a ligação entre o governo e a população. Eles atuam com planejamento e fiscalizam todas as ações que a prefeitura realiza.

JP – Quais são suas expectativas para os próximos quatro anos?

Prefeito Nilzio – Tenho muitas expectativas, mas não só isso, tenho planos que já estão saindo do papel. Todas as minhas gestões sempre foram focadas na população e dessa vez não é diferente.

O que eu quis fazer como forma de aprimoramento nessa administração foi confiar e realmente deixar os secretários, profissionais especialmente capacitados para as áreas nas quais estão, terem a liberdade de executarem seus trabalhos. Escolhi a dedo pessoas que confio pelo profissionalismo, pois acredito que dessa forma o sistema se completa e tudo consegue girar: a saúde, a economia, o turismo, o meio ambiente, o transporte, a segurança e assim por diante.

Quero que a qualidade de vida da população melhore e para isso temos foco em trazer condições de trabalho justas e igualitárias, mais segurança, direito a um sistema de saúde de qualidade, educação para todos, independente da renda. Isso tudo sem deixar de pensar nas condições da nossa cidade à longo prazo, o que me faz levar em consideração também a utilização responsável dos nossos recursos naturais, a melhoria dos cuidados com o meio ambiente e com nossas construções históricas, que são reconhecidas nacionalmente.

JP – Quais são os desafios que o senhor vê para Tiradentes?

Prefeito Nilzio – Apesar de ser uma cidade conhecida nacionalmente como um ótimo destino, Tiradentes ainda encontra muitos empecilhos na hora de implantar ações que solucionem certos problemas. A falta de verba é o maior dos problemas e um dos principais pontos que impedem muitas cidades de crescer. 

Com Tiradentes não é diferente, pois já tivemos que cancelar diversas reformas, construções, incentivos, bolsas e auxílios por causa da falta de dinheiro e da grande burocratização pela qual passamos para tudo, principalmente por sermos uma cidade histórica.

Além disso, assim como todo o mundo, estamos vivendo um momento difícil. A pandemia causou estragos na saúde e no bolso do povo. Em Tiradentes, mantivemos números estáveis e poucos casos graves, pois priorizamos a saúde da população, o que gerou consequências para a economia local, principalmente por termos o turismo como nossa base na geração de renda. Isso já está trazendo problemas para o sustento do povo e, acredito eu, que vá trazer mais desdobramentos futuros, algo que teremos que agir diretamente para ajudar os moradores a se reerguerem após essa crise mundial, o que inclusive já estamos nos reunindo semanalmente para pensar sobre.

JP – Como vê a relação com o Poder Legislativo?

Prefeito Nilzio – Apesar de não termos a maioria na Câmara, não gosto de usar o termo oposição. Executivo e Legislativo têm o mesmo propósito: fazer o melhor para Tiradentes, para o povo. Infelizmente existem aqueles mais radicais, com picuinhas e politicagem que tentam nos afetar. Eu sou uma pessoa tranquila e tento absorver e relevar.

Quando você sabe que está fazendo o certo, não há com o que temer. Repito, tudo em prol da população.

Não existe isso de apresentar um projeto à câmara para beneficiar o município e os vereadores barrarem por questões políticas. Até o momento não tivemos esse empecilho e espero que não ocorra durante os quatro anos de administração.

JP – Tiradentes é berço da história mineira, cheia de pontos turísticos e de muita cultura. Quais os projetos do senhor para esse setor?

Prefeito Nilzio e o secretário de Turismo Christian com o selo Safe Travels (Foto: Prefeitura de Tiradentes)

Prefeito Nilzio – Tiradentes é hoje uma das cidades mais visitadas no mundo. Recentemente recebemos o selo Safe Travels – Viagem Segura, que classifica a cidade como Destino Seguro, ou seja, recebemos os turistas com qualidade nos serviços e segurança em diversos âmbitos. O que já era bom ficou ainda melhor!

Mesmo diante da pandemia, demos a volta por cima e buscamos, junto ao governo estadual, buscar recursos e se enquadrar, seguindo protocolos sanitários e buscando alternativas para que a fonte de renda de muitas pessoas que é o meio turístico não decaísse.

Temos diversos projetos, junto à Secretaria de Turismo, que visam aproveitar da vocação turística de nossa cidade, incluindo diversas vertentes, como o turismo rural, o ciclo Turismo, entre outras realizações para 2021. 

Estamos desenvolvendo um planejamento estratégico e de marketing para o turismo na nossa cidade, para que possamos desfrutar ao máximo dos recursos que aqui temos, até mesmo formas de diminuir o impacto sofrido no desenvolvimento econômico local por causa da pandemia.

JP – Como o município atuará na educação neste ano letivo, manterá as aulas não presenciais?

Prefeito Nilzio – Sim. Diante da situação provocada pela pandemia do novo Coronavírus, as atividades escolares de forma presencial continuam suspensas, porém criamos algumas alternativas que já foram colocadas em prática.

Antes de iniciar o ano letivo, a Secretaria de Educação lançou um questionário para os pais dos alunos, professores, servidores e diretores da rede de ensino informações para poder criar um plano de volta às aulas que atendesse todos da melhor maneira possível.

Aqui, as aulas remotas tiveram início no dia 8 de Fevereiro.

Com o intuito de auxiliar no aprendizado escolar das crianças, neste período em que o distanciamento social ainda deve ser preservado como meio de combate e prevenção à disseminação da COVID-19, houve a contratação de mais professores, a implantação do Plano de atendimento individualizado para os alunos e o Programa de intervenção de saúde mental para pais, alunos e professores.

Além disso, a Prefeitura por meio da Secretaria de Educação, também realizou a entrega dos materiais escolares. Materiais básicos, porém, essenciais para a realização das aulas online.

E estamos trabalhando para levar internet aos alunos, permitindo acompanhar as aulas remotas de forma mais igualitária. Iremos começar a distribuição do Kit Merenda (montado por uma nutricionista) para as famílias, pois sabemos que o momento é difícil e que diante dessa situação muitas passam necessidade.

JP – Como o senhor analisa o avanço da pandemia, especialmente no seu município? Quais as principais medidas adotadas pela prefeitura para conter a disseminação do coronavírus?

Prefeito Nilzio – Desde que assumimos a prefeitura, uma de nossas primeiras ações foi a criação do Comitê de enfrentamento à COVID-19.

Neste comitê são discutidas ações e planos para diminuir a disseminação do vírus pela cidade.

Conseguimos do Governo do Estado a aprovação do Plano de Ação, que teve como objetivo estabelecer o posicionamento do Município de Tiradentes ao Programa Minas Consciente, respeitando o momento epidemiológico. O projeto incluía medidas de combate ao COVID com ações educativas e punitivas, levando em consideração os aspectos sociais, econômicos e históricos da cidade.

Foi feito um concurso de desenho cujo tema era: Pequenos heróis contra o vilão Coronavírus. A ideia era que toda comunidade participasse, ajudando a criança no desenvolvimento do desenho e que servisse como forma de conscientização.

Houve a higienização de algumas ruas e pontos de maior concentração de pessoas dentro da cidade, distribuição de kit de higienização para os moradores, contendo álcool gel, máscara de uso individual e descartável, e um panfleto informativo com orientações básicas sobre a COVID-19.

Recebemos as primeiras doses da vacina no dia 19/01, data da comemoração dos 303 anos da cidade de Tiradentes, e iniciamos a vacinação dos nossos profissionais da saúde e dos idosos.

Na vacinação seguimos o protocolo do Ministério da Saúde, nos organizamos de acordo com a demanda de insumos, ou seja, quando há o envio de novas remessas de vacina é organizado o fluxo do público alvo a ser vacinado.

Quem tiver interesse em saber mais sobre a vacinação, incluindo número de doses e lista das pessoas vacinadas em nossa cidade, é só entrar no site e nas nossas redes sociais que está tudo disponibilizado e atualizado lá.

JP – Para encerrar deixe um recado a todos os tiradentinos.

Prefeito Nilzio – Tiradentinos, natos e de coração, quero agradecer todo o apoio que venho recebendo por estar de volta na prefeitura. Devido à pandemia, estamos enfrentando dias difíceis. Não podemos perder a esperança e devemos acreditar que dias melhores estão por vir e juntos sairemos vitoriosos.

Coloco-me à disposição de cada um de vocês! Tenho certeza que juntos podemos fazer muito por nossa amada cidade! Tiradentes somos todos nós!                                                                                                  

Obrigado pelo carinho. Abraços do amigo, Nilzio Barbosa.