O Comitê Intersetorial de Prevenção e Mobilização contra Agravos de Interesse em Saúde Pública de São Sebastião do Rio Verde, comunica que, de acordo com as Deliberações nº 130, 136 e 139 do Comitê Extraordinário do Estado de Minas Gerais, o município de São Sebastião do Rio Verde está inserido na Onda Roxa do Plano Minas Consciente para Enfrentamento à Pandemia de COVID-19.
Visando garantir proteção à população do município contra a ameaça de infecção pelo Novo Coronavírus e seguindo as determinações dos documentos citados, informamos os critérios para funcionamento de comércios, empresas e demais instituições de interesse, a partir de 17 de março de 2021, com duração de 15 (quinze) dias:

Os seguimentos citados abaixo poderão funcionar no horário entre 06 e 19hs:
• Setor de saúde, incluindo unidades hospitalares e de atendimento e consultórios;
• Indústria, logística de montagem e de distribuição, e comércio de fármacos, farmácias, drogarias, óticas, materiais clínicos e hospitalares;
• Hipermercados, supermercados, mercados, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, padarias, quitandas, centros de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência, lanchonetes, de água mineral e de alimentos para animais;
• Produção, distribuição e comercialização de combustíveis e derivados;
• Distribuidoras de gás;
• Oficinas mecânicas, borracharias, autopeças, concessionárias e revendedoras de veículos automotores de qualquer natureza, inclusive as de máquinas agrícolas e afins;
• Restaurantes em pontos ou postos de paradas nas rodovias;
• Agências bancárias e similares;
• Cadeia industrial de alimentos;
• Agrossilvipastoris e agroindustriais;
• Telecomunicação, internet, imprensa, tecnologia da informação e processamento de dados, tais como gestão, desenvolvimento, suporte e manutenção de hardware, software, hospedagem e conectividade;
• Construção civil;
• Setores industriais;
• Lavanderias;
• Assistência veterinária e pet shops;
• Transporte e entrega de cargas em geral;
• Call center;
• Locação de veículos de qualquer natureza, inclusive a de máquinas agrícolas e afins;
• Assistência técnica em máquinas, equipamentos, instalações, edificações e atividades correlatas, tais como a de eletricista e bombeiro hidráulico;
• Controle de pragas e de desinfecção de ambientes;
• Atendimento e atuação em emergências ambientais;
• Comércio atacadista e varejista de insumos para confecção de equipamentos de proteção individual – EPI e clínico-hospitalares, tais como tecidos, artefatos de tecidos e aviamento;

• Estabelecimentos de representação judicial e extrajudicial, assessoria e consultoria jurídicas;
• Estabelecimentos relacionados à contabilidade;
• Serviços domésticos e de cuidadores e terapeutas;
• Hotelaria, hospedagem, pousadas, motéis e congêneres para uso de trabalhadores de serviços essenciais, como residência ou local para isolamento em caso de suspeita ou confirmação de covid-19;
• Atividades de ensino presencial referentes ao último período ou semestre dos cursos da área de saúde;
• Transporte privado individual de passageiros, solicitado por aplicativos ou outras plataformas de comunicação em rede;
• Templos religiosos poderão permanecer abertos, sem realização de cultos e com lotação máxima de 20% da capacidade.

Critérios gerais:
• Toque de recolher entre 20 e 5hs, diariamente. Proibição de circulação de pessoas nos logradouros do município, salvo em caso de deslocamento para trabalho ou para tratamento de saúde;
• Proibição de funcionamento das academias;
• Proibição de circulação de pessoas sem máscaras a qualquer hora do dia;
• Proibição de circulação de pessoas com sintomas de gripe, suspeitas ou confirmadas com a COVID-19, a qualquer hora do dia;
• Horário de funcionamento do comércio em geral: das 06:00 às 19:00hs.;
• Uso obrigatório de máscaras, tanto por funcionários, quanto por clientes. Não permitir a permanência de pessoas sem máscaras, no estabelecimento;
• Manter distanciamento linear de 3 (três) metros entre cada pessoa, no estabelecimento que estiver autorizado a funcionar;
• Reforçar higienização do local, diariamente, utilizando água sanitária;
• Funcionários com sintomas respiratórios devem ser imediatamente afastados;
• Proibido consumo de qualquer produto, na calçada e dentro do estabelecimento, trabalhar
somente com entregas e retirada no balcão;
• Proibida a realização de celebrações religiosas;
• Proibida a realização de feiras livres.

Informam ainda que, a Polícia Militar apoiará a Prefeitura Municipal de São Sebastião do Rio Verde na fiscalização dessas normas da Onda Roxa.

Fonte: Comitê Intersetorial de Prevenção e Mobilização contra Agravos de Interesse em Saúde Pública