O aumento das internações hospitalares por covid-19 e o agravamento no quadro de novas infecções motivou reunião na última quarta-feira (3 mar) – da qual participaram o prefeito Edvaldo Bitencourt e a secretaria de Saúde Daniele Ribeiro – entre os 14 municípios integrantes do Consórcio Intermunicipal de Saúde dos Municípios da Microrregião do Alto Sapucaí – CISMAS, após a qual o município de Wenceslau Braz, juntamente com outros 13 municípios da microrregião de Itajubá, efetivou a contratação de 27 leitos de UTI/Covid e 40 leitos de suporte ventilatório no Hospital de Clínicas de Itajubá e Santa Casa.

Os leitos hospitalares já estão disponíveis para atender os pacientes de 14 municípios da nossa microrregião: Brazópolis, Conceição das Pedras, Consolação, Delfim Moreira, Gonçalves, Itajubá, Maria da Fé, Marmelópolis, Paraisópolis, Pedralva, Piranguçu, Piranguinho, São José do Alegre e Wenceslau Braz.

Respondendo em rede social a um internauta que afirmara não ter entendido e questionado (“A UTI não está lotada? Alugaram como?”), o prefeito Edvaldo Bitencourt respondeu em comentário no mesmo post (da UBS local): “Foi feito entre os municípios, Hospital e Santa casa um contrato para abertura de novos leitos de UTI e suporte ventilatório, que esperamos não usar, mas estamos pagando para ter”.

Fonte e foto: Prefeitura de Wenceslau Braz