A medida é devido ao aumento do coronavírus e lotação do Hospital Regional

E vídeo nas redes socias o prefeito de  Pouso Alegre Rafael Tadeu ao lado da secretária de Saúde Silvia Regina, decretou o fechamento das atividades não essenciais no município, devido ao crescimento dos casos confirmados do novo coronavírus. no pronunciamento o prefeito disse que o  Hospital chega à capacidade máxima.


O decreto Nº 5.235, foi estabelecido na  sexta-feira, 15 de janeiro,  que determina o fechamento de todos os estabelecimentos de comércio e serviços não essências por tempo indeterminado.

Além disso, outro decreto, o Nº 5.236, autoriza a requisição de leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva dos hospitais particulares do município.


Segundo o prefeito Rafael Simões, entre os fatores que levaram à publicação do decreto estão a falta de consciência da população em adotar medidas de proteção quanto ao coronavírus, o aumento do número de casos ligados à doença, a grande demanda do hospital regional (já sem capacidade de atender os pacientes) e falta de oxigênio que o setor da saúde tem enfrentado.


Com isso, o Decreto Nº 5.235 suspende eventos públicos e particulares de qualquer natureza e o funcionamento de estabelecimentos comerciais e de serviços, exceto daqueles considerados essenciais.

Informações: Prefeitura de Pouso Alegre

foto: reprodução vídeo redes sociais