Superintendência Regional de Saúde será responsável por distribuir as unidades entre 53 municípios; Minas adquiriu total de 50 milhões (Foto: Marcelo Barbosa / Imprensa MG)

O governador Romeu Zema vistoriou nesta terça-feira (12/1), em Pouso Alegre, no Sul de Minas, a chegada e início da distribuição dos primeiros lotes de seringas agulhadas para vacinação contra a covid-19 na microrregião. Nesta primeira etapa foram encaminhadas cerca de 328 mil unidades, que serão distribuídas aos 53 municípios que compõem a Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre e respondem por quase 1 milhão de habitantes (veja tabela com a distribuição abaixo).

Nesta segunda-feira (11/1), Zema também acompanhou a chegada e início de distribuição de 300 mil seringas em Varginha. Ao todo, o Governo de Minas adquiriu, de forma antecipada, 50 milhões de unidades, sendo que 20 milhões já chegaram à Central Estadual de Rede Frios da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), em Belo Horizonte. A Central é responsável por encaminhá-las às superintendências e regionais de Saúde, que as farão chegar a todos os municípios mineiros.

Romeu Zema ressaltou o planejamento do Estado ao adquirir as seringas agulhadas de forma antecipada.

“Como venho afirmando, o mineiro terá um processo de vacinação totalmente estruturado e seguro. Estamos trabalhando com agilidade e eficiência para garantir que a população seja imunizada o mais rápido possível. Por isso decidi acompanhar de perto esse processo tão importante de entrega e distribuição das seringas”, garantiu.
 

Distribuição por município


Medidas eficazes

O Plano de Contingenciamento para Vacinação contra a Covid-19, formulado desde o ano passado pelo Governo de Minas, também definiu a compra de 617 câmaras refrigeradas para o armazenamento das vacinas, que serão disponibilizadas a todo o Brasil pelo Ministério da Saúde.

As medidas adotadas com rapidez e eficiência em Minas garantiram ao estado a menor taxa de mortalidade da doença por milhão de habitantes. O governo estadual ainda ampliou o número de leitos de UTI (de 2.072 em fevereiro para cerca de 3.900 atualmente), assim como distribuiu mais de mil respiradores.

Foi criado ainda o plano Minas Consciente, ligado às secretarias de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede) e Saúde (SES-MG), com o objetivo de analisar os impactos da pandemia e garantir a retomada de forma segura e gradual da economia, orientando o comércio nos municípios.

Alerta

O Governo de Minas também segue orientando a população mineira em relação aos cuidados a serem mantidos para controle da covid-19, em atenção ao aumento dos índices de transmissão da doença. A recomendação é sempre usar máscara, evitar aglomerações e fazer a higienização constante das mãos.

Fonte: Agência Minas