FILME – BATMAN BEGINS (2005)

A volta do herói aos cinemas em 2005 gerou um dos melhores filmes daquele ano e um dos melhores do personagem. Conta com um enredo excelente, mesmo começando meio enrolado o ritmo engata bem rápido do meio pro final e te deixa grudado da tela. As atuações são ótimas, com destaque para Christian Bale, Liam Neeson e Cillian Murphy, que pra mim são os que se sobressaem no filme. A ambientação é muito boa, a direção de Christopher Nolan é fantástica, sem dúvida o melhor diretor dos filmes do Batman até hoje, as cenas de ação são ótimas e alguns momentos são memoráveis e clássicos do Batman, e a trilha sonora é incrível, com uma música tema muito marcante. Conclusão: Um dos, se não o melhor filme de origem já feito sobre um herói e um dos melhores do Batman. Dou 9 de 10 para Batman Begins.

SÉRIES – SMALLVILLE – SÉTIMA TEMPORADA (2008/2009)

Apesar de demorar um pouco para avançar a história da série, é uma temporada muito interessante e envolvente. Conta com um enredo muito bom, embora tenha um início bem fraquinho e que demora pra engrenar, ainda assim é muito envolvente e interessante, cheio de reviravoltas e revelações que são muito boas mesmo. As atuações são ótimas, Tom Welling e Michael Rosenbaum ainda estão excelentes como Clark e Lex, Erica Durance como Lois Lane está ótima também e com uma participação maior de Aaron Ashmore como Jimmy Olsen. A nova personagem Kara Zor-El/Kara Kent, mais conhecida como Supergirl e interpretada por Laura Vandervoort  é uma personagem carismática e muito bem interpretada, mas não tão bem desenvolvida quanto outros. A trilha sonora contínua excelente e bem escolhida e os efeitos especiais muito bons considerando o orçamento da série. Conclusão: Uma ótima temporada, mas que podia ser muito melhor do que foi. Dou 8 de 10 para Smallville (7ª Temporada).

GAME – GRIM FANDANGO (1998) – VERSÃO REMASTERIZADA PARA PLAYSTATION 4

Grim Fandango (1998), na sua versão remasterizada para o PlayStation 4. Um clássico dos jogos Point’n Click que sempre ficará na memória de quem o jogar. Conta com um enredo excelente, cheio de personagens carismáticos e momentos marcantes. A jogabilidade é bem simples, se resume em pegar itens, conversar e usar os itens, nada muito complexo, mas te obriga a usar a cabeça em muitos momentos. Os gráficos são bons para a época (e tiveram uma boa melhora na versão remasterizada), a direção de arte é memorável e muito inspirada no festiva mexicano chamado Dia de Los Muertos. A trilha sonora é ótima e cheio de músicas marcantes e a dublagem é sensacional, uma das mais clássicas dos jogos. Conclusão: Um jogo memorável de Point’n Click que sempre ficará marcado na história. Dou 9 de 10 para Grim Fandango.

Por Netto Lage, Francisco Bernardes Lage Netto, estudante (17), gamer, cinéfilo, autodidata. Desde a infância é apaixonado por filmes, séries e jogos. Com o tempo, sentiu necessidade de extravasar e registrar a sua opinião. Inspirado pelo youtuber Carlo Chim, iniciou suas críticas, sempre postadas em seu perfil no Instagram. O mundo do cinema o fascina, e tem como objetivo profissional, atuar em algum dos diversos segmentos que essa área oferece.