Peculiar esta palavra, nos remete a coisa certa, a se fazer o que deve ser feito.

   Mesmo que fazer esse certo te custe a felicidade, a paz, a saúde.

     Sempre que temos que dar voz a razão, geralmente, nunca é a nosso favor, observe, sempre depois que você toma uma decisão baseada na razão, vem logo uma frase para completar, mais ou menos assim:

    “Vou fazer essa viagem, por que é o certo nesta circunstância”. E lá vai você cumprir o dever que a tal razão lhe cobra.

    E não falo isso criticando, de forma alguma, vivemos em sociedade e claro que temos alguns deveres para manter o equilíbrio. Já pensou se todas as mães decidissem que não cuidariam mais de seus filhos, falo das mães, me desculpe os pais presentes e amorosos, mas a incidência de crianças sem a presença do pai ainda é grande em nossa sociedade. Ou mesmo o dono da escola decidir não abrir naquele dia, pois deu vontade.

     Mas serei menos rígida agora, vou falar de sentimentos, emoções. Sempre que colocamos a razão na frente, perdemos. Quanto mais abertos para mudar de ideia, de endereço, de relacionamento, de emprego. Mais o Universo nos guia para aquilo que é bom para nós. Tudo acontece como num passe de mágica, sem conturbações, sem atropelos, simplesmente acontece e muda para melhor.

   Então nos pegamos muito ligados a razão, que devemos fazer assim, que devemos trabalhar de tal maneira e de tanto insistir, ficamos endurecidos, não deixamos a vida fluir.

   Muitas vezes o que a vida quer de nós é que deixemos ela tomar as rédeas, sem interferência, confiando no que ela irá trazer. Acredite se conseguimos fazer isso, somos presenteados com situações maravilhosas, que antes jamais podíamos imaginar. Afinal temos a visão limitada, estamos presos ao que aprendemos desde crianças. A vida é sábia e conhece outros caminhos.

   No filme que me fez escrever este texto, teve uma frase que gostei bastante:VOCÊ PODE ESCUTAR A RAZÃO, MAS PRECISA SEGUIR O CORAÇÃO

   Como sabem adoro magia, estamos no mês de dezembro e um dos meus passatempos preferidos nesta época é assistir filme de Natal, o filme ao qual tirei esta frase é Christmas Under Wraps, Netiflix, para quem adora um bom clichê, como eu, indico.

Acompanhe Li Couto pelo seu Instagram