A maioria dos candidatos a prefeituras apoiados pelo presidente Jair Bolsonaro na eleição deste domingo (15) não conseguiu se eleger. Os indicados pelo presidente foram divulgados nas lives que o presidente faz semanalmente pelos canais pessoais de comunicação.

Em São Paulo, o candidato do presidente era Celso Russomano (Republicanos), que ficou na quarta posição, com 10,50%. Na maior cidade do Brasil, o 2º Turno será entre dois adversários do presidente. O atual prefeito Bruno Covas (PSDB), que teve 32,86% dos votos válidos e Guilherme Boulos (PSOL), que teve 20,24% dos votos.

Em Belo Horizonte, o candidato Bruno Engler (PRTB), apoiado por Bolsonaro, teve 9,95% dos votos, ficando na segunda posição. O atual prefeito Alexandre Kalil foi reeleito com 63,36% dos votos válidos.

Em Manaus (AM), outro apoiado pelo presidente acabou longe do 2º Turno. O Coronel Menezes (Patriotas) ficou em quinto lugar na disputa, com 11,32% dos votos. A capital terá segundo turno com Amazonino Mendes (Pode), que teve 23,91%, e David Almeida (Avante), que fez 22,36% dos votos válidos.

No Recife (PE), o 2º Turno será entre dois candidatos de esquerda, oposicionistas de Bolsonaro. A Delegada Patrícia (PODE), ficou em quarto lugar com 14,06% dos votos, atrás do ex-Ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM) que teve 25,11% e dos dois concorrentes que seguem vivos para o segundo turno. João Campos (PSB), filho do ex-governador teve 29,17% dos votos válidos e Marília Arraes (PT) que é prima de João e teve 27,95% dos votos.

Em Santos (SP), o candidato Ivan Sartori (PSD), apoiado por Bolsonaro ficou na segunda posição com 18,60% dos votos e viu Rogério Santos (PSDB) ser eleito em primeiro turno com 50,58% dos votos válidos.

Em Sobral (CE), o candidato apoiado por Bolsonaro perdeu para o candidato do ex ministro Ciro Gomes (PDT). Ivo Gomes (PDT) teve 59,23% dos votos, enquanto Oscar Rodrigues (MDB) que teve apoio do presidente ficou com 40,77% dos votos.

Em Cabo Frio (RJ) Cabedelo (PB) e Criciúma (SC) os candidatos recomendados por Bolsonaro também não tiveram exito nas urnas.

Eleitos:

Dois candidatos foram eleitos com apoio de Jair Bolsonaro. Em Ipatinga (MG), Gustavo Nunes (PSL) teve 40,90% dos votos válidos e superou Nardyello Rocha (Cidadania), que ficou com 31,32%. Já em Parnaíba (PI), Mão Santa (DEM), que foi apoiado por Bolsonaro teve 68,34% dos votos que venceu o Dr Hélio (PL) que ficou com 26,41%.

2º Turno:

Marcelo Crivella (Republicanos) e Capitão Wagner (PROS) são dois dois apoiados de Jair Bolsonaro que vão disputar o segundo turno no Rio de Janeiro e em Fortaleza respectivamente.

No Rio de Janeiro, Crivella, que é o atual prefeito teve 21,90% dos votos válidos e vai enfrentar o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), que teve 37,01% dos votos válidos. Em Fortaleza, o Capitão Wagner teve 33,32% dos votos válidos e vai encarar Sarto (PDT), que teve 35,72% dos votos válidos.

Pelo twitter, Bolsonaro comentou o resultado das eleições: