Estudantes do PJ Minas 2020 participam de campanha de incentivo ao voto no pleito municipal (Foto:Guilherme Bergamini/ Arquivo ALMG)

Estudantes que integram o programa Parlamento Jovem de Minas (PJ Minas) estão participando de uma campanha para estimular as pessoas a votarem nas eleições municipais deste ano. Em vídeos gravados e compartilhados nas redes sociais do PJ Minas e também veiculados pela TV Assembleia, os jovens contam porque querem votar e dão dicas para estimular a participação política.

O Parlamento Jovem de Minas é um projeto de educação para a cidadania da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), voltado para jovens do ensino médio, desenvolvido em parceria com as câmaras municipais e com o apoio da PUC Minas. Rian Kéven diz que é preciso analisar bem os candidatos – Foto:Acervo pessoal

As atividades presenciais estão susp

ensas, por causa da pandemia de Covid-19, mas os jovens continuam tendo a oportunidade de participar de discussões importantes, não só sobre o tema deste ano, que é Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, mas também sobre as eleições, por exemplo.

Na página do projeto no Facebook, “Por que você vai votar? Conta pra gente!” é uma das frases de chamamento para os participantes do PJ enviarem seus vídeos e depoimentos.

Todos os estudantes das escolas públicas e privadas, das cidades que este ano realizam o projeto, podem colaborar com a iniciativa.

Jovens já sabem que voto não pode ser moeda de troca

O jovem Rian Kéven, de Itamarandiba (Alto Jequitinhonha/Mucuri), fez questão de ressaltar em seu vídeo que “voto não é moeda de troca”. Na opinião do estudante, é preciso analisar bem os candidatos para votar naquele que tem as melhores propostas para toda a comunidade, “ao invés de escolher alguém que te prometeu algum favor”.

Eugênia Luz, estudante da cidade de Bocaiúva (Norte), que esteve também na edição 2019 do PJ Minas, conta que estudar e entender um pouco mais sobre o assunto despertou nela a vontade de participar da política. Ela está entusiasmada para votar pela primeira vez e entende que essa é uma forma objetiva de exercer sua cidadania.

Beatriz Katherine Araújo, de Córrego do Bom Jesus (Polo Sul I), incentiva os jovens eleitores a usarem a tecnologia para conhecerem um pouco mais sobre os candidatos de sua cidade, antes de decidirem em quem votar. A estudante de 17 anos acredita que a voz e o voto dos jovens pode fazer uma grande diferença nestas eleições, ainda marcadas pelo distanciamento social.

“Algumas pessoas podem não querer sair de casa para votar, por medo e insegurança, neste momento, mas o voto é essencial para garantir um futuro melhor para nossas cidades”, reflete a jovem.

Parceria – No último dia 15 de outubro, a Assembleia e o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) firmaram uma parceria para desenvolver ações que ajudem a mostrar à população a importância de ir às urnas, neste dia 15 de novembro, mesmo ainda no contexto da pandemia de Covid-19. 

“As eleições são o ponto máximo da soberania popular. A conquista desse direito se deu de forma árdua e sua manutenção e ampliação são essenciais para o aperfeiçoamento da democracia”, disse o presidente da ALMG, Agostinho Patrus, na ocasião.

No dia da assinatura da parceria com a ALMG, o presidente do TRE-MG, desembargador Alexandre Victor, relatou que 96 caminhões já haviam rodado mais de 70 mil quilômetros no Estado para entregar materiais necessários para a realização das votações. Além das urnas eletrônicas, também foram distribuídas máscaras, protetores faciais de acrílico, álcool e adesivos para marcação de filas.

O presidente do TRE-MG também lembrou que o uso de máscara é obrigatório nas eleições e orientou que cada eleitor vá sozinho e leve sua caneta para assinar o caderno de votação. “Faço um pedido para que cada um dos 16 milhões de eleitores mineiros vote. A democracia agradece e a sua saúde estará protegida”, concluiu.

Fonte: ALMG