Por Graziela Ricardo Matoso*

O JORNAL PANORAMA traz mais um alerta a mais uma doença silenciosa, dessa vez vamos destacar a pressão alta, também conhecida com hipertensão.

A hipertensão ou a pressão alta com também é conhecida, é uma doença caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias, fazendo com que o coração faça mais esforço para distribuir o sangue corretamente para todas as partes do nosso corpo. A doença pode ser relacionada com o aumento de peso, alterações no colesterol, intolerância à glicose e também a diabetes.

É sempre bom prestar atenção em qualquer sinal diferente que seu corpo dá, pois a pressão alta pode levar a sérios problemas de saúde, como infarto, acidente vascular cerebral (AVC) e insuficiência renal. Por isso fique sempre ligados aos sintomas que podem aparecer como dores de cabeça, falta de ar, visão borrada, zumbido no ouvido, tontura e dores no peito.

Existem também alguns fatores de riscos que podem influenciar, como o histórico familiar, idade (a partir dos 60 as artérias perdem um pouco da flexibilidade), obesidade, poluição, estresse, sono irregular, excesso de bebida alcoólica, tabagismo, diabetes, hipertireoidismo e sedentarismo.

Mas a doença pode ser evitada prevenindo, e para isso é essencial uma mudança de hábitos e uma vida mais saudável. Praticar esportes, ter uma alimentação saudável, rica em verduras, legumes e frutas. Evitar alimentos processados com excesso de sódio e também gorduras que não são saudáveis para o nosso corpo. Evitar o cigarro, o excesso de bebida alcoólica e ter um boa noite de sono também ajuda muito na prevenção, não só da hipertensão como também de outras doenças. É bom também que evite o excesso de sal na alimentação, pois segundo uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde, a população brasileira consome mais sal que o recomendado.

O Diagnóstico e o Tratamento

 A hipertensão não costuma apresentar sinais, por isso é considerada uma doença silenciosa e que merece atenção. Para que aconteça o diagnóstico é recomendado consultas de rotinas com um especialista e medir a pressão pelo menos uma vez por ano. Para confirmação a medição tem que ser feita em dias diferentes e o paciente deve seguir orientações como evitar tomar café ou bebidas estimulantes, ter tido um boa noite de sono antes do exame e evitar conversar e ficar mexendo na hora da medição. E se caso restar alguma dúvida o médico pode pedir outros exames para que realmente seja feita a confirmação. Para o tratamento pode variar de um simples reajuste no cardápio, como também a entrada de medicação. O tratamento é sempre feito com a orientação de um médico e é ele quem vai decidir qual é a melhor forma de cuidar da sua saúde. Caso você tenha algum sintoma procure o posto de saúde mais próximo, lá você será atendido de forma gratuita por um médico do SUS e também será feita a medição da pressão

*Estagiária sob supervisão da jornalista Priscila Aparecida Silva