State Theatre, atração turística da região rural de Iowa, sobreviveu à Grande Depressão dos anos 1930 e à chegada do Netflix, mas pode não sobreviver ao coronavírus


A cidade de Washington, no Estado de Iowa (no Meio-Oeste dos EUA), pode se considerar sortuda no que diz respeito ao avanço do novo coronavírus.

Localizada na zona rural e com apenas 7 mil habitantes, registrou somente 11 mortes até agora, em um momento em que a COVID-19 matou mais de 217 mil americanos e infectou 7,9 milhões.

Mas Washington não foi poupada dos efeitos econômicos da pandemia. E uma das principais vítimas econômicas da cidade pode ser justamente o que a torna famosa: o cinema State Theatre, aberto em 1897 e reconhecido oficialmente em 2016 pelo livro Guinness dos Recordes como o cinema mais antigo do mundo a operar continuamente.

A indústria cinematográfica foi afetada em toda sua cadeia pela pandemia, desde a produção de filmes até a operação de salas de cinema. A Cineworld, uma das maiores redes de cinema do mundo, anunciou em 4 de outubro que fecharia temporariamente suas salas nos EUA e no Reino Unido. A decisão foi tomada depois do anúncio do adiamento do lançamento de mais um blockbuster,: o novo filme da franquia James Bond, Sem Tempo para Morrer.

As consequências não demoraram a ser sentidas na pequena cidade rural de Iowa.

Superando a Grande Depressão e o Netflix

Vannorsdel, que trabalha há 30 anos no setor e começou como vendedor de comida em um dos cinemas do grupo Fridley, acredita que a pandemia se converteu no mais duro teste de resistência enfrentado pelo State Theatre desde que abriu suas portas, 123 anos atrás.

O local sobreviveu até a um incêndio, que forçou o fechamento da sala de cinema durante alguns meses de 2010.

A receita do State Theathre caiu 70% em 2020, mesmo depois que os cinemas de Iowa foram autorizados a reabrir suas portas, em maio.

Enquanto isso, o grupo Fridley manteve o pagamento de salário dos funcionários, mesmo tendo limitado suas operações a sextas-feiras e fins de semana.

Durante os dois meses em que o State Theathre ficou fechado, como parte da quarentena imposta em Iowa, uma das ideias foi fazer delivery de pipoca — o local tem uma famosa máquina antiga de fazer pipoca, em funcionamento desde 1948.

“A comunidade tem sido incrível em nos apoiar”, afirma Vannorsdel.

***Informações retiradas do Jornal Estado de Minas

Foto: State Theatre é atração da zona rural de Iowa e reconhecido pelo livro Guinnes dos Recordes(foto: Fridley Theatres)