Muito se é atribuído desta palavra para o sexo feminino, que a intuição feminina é nossa maior força.

   Mas me peguei pensando, esta também é uma característica masculina? Acredito que a maioria dos homens não admite que intui alguma coisa, por achar que isso o desqualificaria como homem.

   Tenho que confessar que os entendo, como dizer que intuiu algo se na sociedade em que foi educado isso o tornaria um fraco?

   Infelizmente é a realidade, nós mulheres mesmo, muitas vezes fazemos isso, de criticar homens mais intuitivos, isso devido a educação que recebemos, mulher é mais sensível, homem é mais durão.

   Certa ocasião presenciei uma pessoa querida do sexo masculino perder alguém muito importante na vida dele, não o vi derramar nenhuma lágrima, esse gesto me chamou a atenção, por que não é permitido ao homem expor as emoções? Que crueldade!!

   Mas como sou uma realista positiva, acredito que as futuras gerações irão rever estes conceitos arcaicos, dolorosos, onde fazem os homens e algumas mulheres esconderem o que sentem e intuem.

   Certa vez participei de uma reunião com uma mulher empreendedora de muito sucesso no nosso país, onde ela afirmou que ao ir em uma reunião com homens, fazia questão de vestir saia ou vestido, assim fazendo valer sua presença feminina na reunião.

   Inclusive, disse que em muitas delas, quando dizia que estava intuindo algo, a olhavam com desconfiança. Mas ela insistiu e provou que a intuição dela se fez verdadeira e as decisões que tomou baseada nela foram as melhores.

   Então meu convite hoje é para que nós deixemos nossa intuição nos guiar com mais força, propriedade, que ela não é só um dispositivo das mulheres, mas também dos homens e que a devem usar sem moderação.

 A série que me fez pensar sobre este tema foi THE SINNER da Netflix, conta a trajetória de um investigador que usa da sua intuição para esclarecer casos, onde outras pessoas não conseguiam ver o que estava acontecendo. Recomendo, para aqueles que como eu gostam de um bom enredo policial.

                  Acompanhe mais sobre @licouto