Ele estava detido desde 2002 pelo assassinato do jornalista Tim Lopes (Foto: Reprodução/ TV Globo)

O traficante Elias Pereira da Silva, conhecido como Elias Maluco, foi encontrado morto na tarde desta terça-feira, 22 de setembro, na Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná. As informações são do Portal G1.

Agentes da Polícia Federal foram chamados para fazer perícia no local. O Departamento Penitenciário (Depen) informou ainda que o corpo foi levado para o IML após a perícia.

Elias Maluco foi preso em 19 de setembro de 2002 e condenado, em 2005, a 28 anos e seis meses de prisão pela morte do jornalista Tim Lopes. Em 2013, foi condenado a mais 10 anos, sete meses e 15 dias por lavagem de dinheiro, e desde então, ficou em presídios federais.

O traficante era conhecido pelos métodos bárbaros com que torturava e matava seus reféns. O mais conhecido foi o assassinato do jornalista Tim Lopes, em junho de 2002, enquanto fazia uma reportagem sobre o abuso de menores em bailes funk na comunidade da Vila Cruzeiro, Zona Norte do Rio.

O corpo do jornalista foi encontrado carbonizado em uma fogueira de pneus conhecida como micro-ondas, e só foi identificado após exame de DNA. Outras seis pessoas foram condenadas pela participação no crime.