Por causa da pandemia, este ano promoção será de 7 a 13 de dezembro

Fonte? Por Daniel Mello – Repórter da Agência Brasil – São Paulo

A Bienal do Livro de São Paulo terá este ano a primeira edição virtual. Em junho, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) havia anunciado o cancelamento da 26ª edição do evento em 2020, previsto para outubro, por conta da pandemia do novo coronavírus. A previsão é que a feira física seja realizada em 2022. A versão virtual será este ano de 7 a 13 de dezembro em uma plataforma digital.

Com o tema Conectando Pessoas e Livros, a proposta é reunir leitores, escritores, parceiros, editores, distribuidores e livrarias em uma semana de discussões e negócios.

A plataforma vai oferecer palestras online e a possibilidade de comprar livros, além de interação entre os diversos atores do mercado editorial.

Segundo o presidente da CBL, Vitor Tavares, a expectativa é reunir 150 expositores e atrair mais de um milhão de visitantes para a plataforma. 

“Pela primeira vez, pessoas de todos os lugares do Brasil e do mundo poderão participar dessa grande festa, conhecendo as novidades, fazendo bons negócios e aproveitando as palestras que jamais estariam disponíveis de outra forma”, disse Tavares.

Serão promovidas, ainda, rodadas de negócios entre companhias brasileiras e empresas estrangeiras para discutir a situação atual do setor editorial no Brasil e no mundo.

Esses eventos serão exclusivos para as empresas apoiadas pelo Brazilian Publishers – projeto que apoia a internacionalização do conteúdo editorial brasileiro feito em parceria da CBL com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Edição: Kleber Sampaio