Foto: Seth McCallister/AFP

Você lembra onde estava em 11 de setembro de 2001? Essa é a pergunta que todos nos fazemos sempre quando chega a data de hoje. O atentado às Torres Gêmeas, em Nova York, é considerado o maior atentado terrorista da história.

Para entender o que causou os ataques, é preciso entender o contexto político envolvendo os Estados Unidos, o Irã e o Iraque. Em 1979, após os americanos perderem a aliança que possuíam com o Irã, a política estadunidense no Oriente Médio foi alterada e isso gerou diversos conflitos políticos ao longo dos anos, como as interferências americanas na Guerra Irã-Iraque.

Foto: Spencer Platt/Getty Images

O ataque foi orquestrado por Osama Bin Laden, terrorista fundador do grupo Al-Qaeda, do Afeganistão. O plano tinha como objetivo mostrar a vulnerabilidade dos Estados Unidos e causar pânico por todo o país. 19 terroristas sequestraram quatro aviões comerciais e reajustaram suas rotas para os alvos do ataque.

O World Trade Center era composto por sete prédios; as Torres Gêmeas eram consideradas uns dos maiores edifícios do mundo e os centros comerciais mais importantes de Nova York. Naquele 11 de setembro de 2001, às 8h46 (horário local, 9h46 no horário de Brasília), o voo 11 da American Airlines, um Boeing 767 com 92 pessoas a bordo, que tinha decolado de Boston com destino a Los Angeles, atingiu a torre Norte do World Trade Center, entre os andares 93 e 99. Minutos depois, a torre Sul foi atingida pelo voo 175, da United Airlines, também com destino a Los Angeles. Outros dois aviões foram usados: o voo 77 da American Airlines atingiu o Pentágono, sede do Departamento de Defesa Americano, e o voo 93 da United Airlines tinha como alvo o Capitólio, sede do Poder Legislativo, mas os passageiros se rebelaram contra os terroristas e o avião acabou sendo derrubado em um campo aberto na Pensilvânia. Ao todo, 2.997 pessoas morreram, incluindo os terroristas.

Atentado ao Pentágono (Foto: Stephen J. Boitano/Getty Images)

Após os atentados, o governo americano imediatamente endureceu as medidas de segurança no país, focando especialmente nos aeroportos. No mesmo ano, os Estados Unidos, por meio de seu presidente George W. Bush, invadiram o Afeganistão com o objetivo de capturar Osama bin Laden e derrubar o Talibã, grupo que comandava o país desde 1990. Essa invasão deu início à chamada Guerra ao Terror. O governo Talibã foi derrubado e Osama bin Laden foi morto por tropas americanas em seu esconderijo no Paquistão, em 2011.

Homenagens                                            

Como acontece todos os anos após os atentados, houve homenagens aos mortos no local onde ficavam as Torres Gêmeas, hoje um memorial àqueles que morreram na tragédia. Mas devido à pandemia do covid-19, os familiares das vítimas gravaram vídeos com seus depoimentos. Pela primeira vez desde março, o memorial do Marco Zero será reaberto ao público.

Com informações de Gazeta do Povo