Neste ano, os tradicionais desfiles em comemoração à Independência do Brasil não serão realizados mediante à pandemia. Mas comemorações online e até mesmo menores serão realizadas. Segundo informações do Planalto, em substituição ao tradicional desfile do Dia da Independência, ocorrerá um evento fechado no Palácio da Alvorada, com a participação do presidente Jair Bolsonaro. O momento contará com o hasteamento da Bandeira Nacional e uma breve apresentação da Esquadrilha da Fumaça. Durante a noite há o planejamento para que o presidente faça um pronunciamento em cadeia nacional.

O 7 de setembro é uma das datas comemorativas mais importantes do país. A Independência do Brasil, ocorrida em 7 de setembro de 1822, destinou novos rumos à nossa nação. Dom Pedro deu início a trajetória do país como uma nação independente. Às margens do Rio Ipiranga, dom Pedro proclamou o grito da independência, rompendo a ligação do Brasil com Portugal.

“Verás que um filho teu não foge à luta”, seguindo o verso de nosso hino com letra de Joaquim Osório Duque Estrada, vamos firmes no propósito de um país renovado com seu povo heroico.

Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil