Rede de Notícias do Sindijori MG – www.sindijorimg.com.br

Secretária de Saúde é denunciada

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Itajubá decidiu protocolar uma denúncia no Ministério Público de Minas Gerais contra a secretária de Saúde, Maria Goretti Parada, por participação em um esquema no qual teria sido beneficiada na fila de espera por exames realizados pela prefeitura de Itajubá. Dentre os procedimentos, estão mamografias, ultrassom da tireoide e até mesmo uma punção aspirativa por agulha fina, realizados entre 2013 e 2017. (Diário de Itajubá)

Gastos com eleições crescem 13,91%

          As campanhas eleitorais dos candidatos a prefeito e vice em João Monlevade não poderão gastar mais de R$330.338,89 neste ano. O valor foi fixado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base nos gastos das eleições municipais de 2016. Para quem quiser ser vereador, o teto de gastos é de R$45.984,03. Já para a Câmara, o máximo a ser gasto foi de R$40.365,42 durante o processo eleitoral. Desconsiderando a inflação, o investimento permitido neste período cresceu 13,91% para todos os cargos. (A Notícia Regional – João Monlevade).

Justiça manda loja pagar feriados

                 A Justiça do Trabalho condenou as Lojas Renner, de Montes Claros, a pagar aos seus 37 funcionários que trabalharam durante os feriados na cidade até o ano de 2012. Com isso, desde o dia 31 de agosto que a empresa começou a pagar essa despesa. O Sindicato dos Empregados no Comércio de Montes Claros e Região  informa que ganhou mais uma ação na Justiça do Trabalho com essa questão, da utilização do trabalho dos comerciários de forma irregular em diversos feriados do ano de 2012. (Gazeta Norte Mineira – Montes Claros).

Vale muda protocolo no Centro

                 A Vale deu início na semana que passou ao protocolo de emergência em nível 1 em dois diques de minas localizados na Região Central de Minas Gerais. De acordo informações divulgadas aos acionistas da empresa, o disque Paracatu, na mina Fazendão, em Catas Altas, e o dique Patrimônio, na mina Gongo Soco, em Barão de Cocais, tiveram as declarações de estabilidade negadas. O nível 1 diz respeito à detecção de anomalia que resulte na pontuação máxima de 10 pontos no Estado de Conservação da Matriz de Categoria de Risco. (Voz Ativa – Ouro Preto).

 Barbacena  muda de fase

                 A microrregião de Barbacena foi liberada para avançar para a terceira fase do programa Minas Consciente. O avanço foi definido nesta quarta-feira pelo Comitê Extraordinário Covid-19.  Barbacena compõe a macrorregião centro-sul, que permanece na onda amarela. Isso na prática, significa que  caso as ondas indicadas para as macro e microrregiões sejam diferentes, caberá a cada prefeito optar por qual das duas recomendações seguir. Além de Barbacena, outras 15 microrregiões, das 67 do estado, receberam a autorização para mudança de fase. (Folha de Barbacena).

Cesta sobe 50% em Uberlândia

                 Durante os últimos meses, os produtos alimentícios que compõem uma cesta básica tiveram um grande aumento de preços e, em razão disso, supermercados de Uberlândia estão registrando elevação de até 50% no valor de alguns itens como o arroz e o óleo de soja. A pandemia do novo coronavírus está diretamente ligada ao atual cenário já que a demanda se tornou maior e a oferta menor. (Diário de Uberlândia).

Turismo funciona em São Lourenço

                 O setor do Turismo de São Lourenço recebeu autorização para funcionar novamente nesta sexta-feira, com restrições. Após cinco meses fechados, além dos hotéis, os atrativos turísticos e o terminal rodoviário da cidade também estão liberados com restrições. Os eventos e excursões continuam suspensos. O decreto liberou o funcionamento dos hotéis com restrições. Entre elas estão a limitação de hóspedes a 30% da capacidade de leitos de cada hotel e o cadastramento no Cadastur, do Ministério do Turismo. (Correio do Papagaio – São Lourenço).

Homologado parcialmente concurso

                 Decreto do Executivo municipal homologa parcialmente o Concurso Público de Provas de Títulos destinado ao preenchimento de vagas do quadro de servidores do Executivo e formação de cadastro reserva. A convocação e posse dos candidatos aprovados serão feitas de acordo com a necessidade de cada secretaria, em observância do disposto na Lei Nacional, sendo observada a ordem de classificação e as medidas de enfrentamento da pandemia da Covid-19, resguardando a integridade e saúde do candidato. (Últimas Notícias – Formiga).