Rede de Notícias do Sindijori MG – www.sindijorimg.com.br

Luz pode ficar mais cara em Poços

Foi aprovada, pela diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) abertura de consulta pública com o objetivo de debater a proposta de Revisão Tarifária Periódica da Distribuidora DMED (Departamento Municipal de Eletricidade) nas contas de energia elétrica de Poços de Caldas. Os índices propostos para reajustes são de 7,40% a 7,50% para consumidores residenciais (baixa e alta tensão). Os valores definitivos serão aprovados após a análise das contribuições recebidas e entrarão em vigor em 22 de novembro de 2020. (Jornal Mantiqueira – Poços de Caldas)

Projeto Maker da EPP viraliza

Trabalho desenvolvido pelo aluno do 4º ano do Ensino Fundamental 1, de Teófuilo Otoni, Pietro Pechir Costa, teve grande repercussão nas redes sociais. O “start” do desafio Maker foi criar algo a partir de resíduos que seriam descartados. Com a ajuda da amiga adulta Milena e com o apoio da professora Letícia Mattos, ele desenvolveu o projeto de reprodução do estádio de futebol do Clube Atlético Mineiro, a Arena MRV. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)

Cadeia do pequi foi debatida

O tema “Bioeconomia da Floresta: desafios e oportunidades para o  desenvolvimento da cadeia do pequi e outros frutos do cerrado no Norte de Minas Gerais” esteve em debate  em encontro virtual organizado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB). Com  participação da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento  (Seapa), o evento discutiu desafios  e oportunidades para o desenvolvimento da cadeia no Norte de Minas.  (Folha do Norte – Montes Claros)

Artistas recebem ajuda em Caeté

De acordo com a Secretaria de Turismo, Cultura e Patrimônio de Caeté, até a semana passada já se inscreveram para receber o auxílio da Lei Aldir Blanc na cidade 15 trabalhadores atuantes social ou profissionalmente nas áreas artística e cultural; 3 grupos e organizações culturais formais e informais; e 1 equipamento cultural. A renda emergencial terá o valor de R$ 600,00, sendo paga mensalmente, em 3 parcelas sucessivas. Farão jus a essa renda trabalhadores da cultura, com atividades interrompidas. (Jornal Opinião – Caeté)

Policiais protestam contra reforma

Servidores da Polícia Civil (PC) protestaram na porta da Delegacia de Uberaba, no bairro Parque das Américas, na manhã de quarta-feira, 26, contra a tramitação que trata da reforma previdenciária em Minas Gerais. As manifestações têm sido constantes desde o envio da matéria do executivo ao legislativo, em 19 de junho. O Governo do Estado afirma que a reforma da Previdência segue movimento mundial que busca garantir sustentabilidade agora e no futuro para as aposentadorias dos servidores (Jornal da Manhã – Uberaba).

Alto-forno volta a funcionar em Ipatinga

Depois de quatro meses fechado ao alto-forno da Usiminas, em Ipatinga, voltou a funcionar. O equipamento produz o ferro-gusa que é a primeira etapa do processo siderúrgico. O alto-forno foi desligado no dia 24 de abril devido a queda da demanda por aço por causa da pandemia do novo coronavírus. A Uniminas em Ipatinga, que tem cerca de seis mil funcionários, é fundamental para o desenvolvimento econômico  de toda a região do Vale do Aço. (Diário do Aço – Ipatinga).

Ibope faz pesquisa sobre saúde publica

Entre os dias 27 e 30 de agosto, será realizada no município de Varginha a quarta enfase da pesquisa Epicovid-19 “Evolução da prevalência de infecção por Covid-19. Trata-se de um estudo coordenado pela Universidade Federal de Pelotas e executado pelo IBOPE inteligência Pesquisa e Cultural, para fins de enfrentamento de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus, causador da doença. (Correio do Sul – Varginha).

IPC tem aumento em Uberlândia

O Centro de Pesquisas Econômico-Sociais da Universidade Federal de Uberlândia (Cepes/UFU), divulgou os dados de julho deste ano relacionados ao boletim do Índice de Preços ao Consumidor de Uberlândia (IPC) e do boletim da Cesta Básica de Alimentos de Uberlândia. O IPC apresentou, no último mês, variação de 0,63%, ficando 0,16 ponto percentual acima da taxa de 0,47% registrada em junho. Três dos nove grupos analisados pelo Cepes apresentaram aumento no preço, sendo eles “alimentos e bebidas”, “transportes” e “habitação”. (Diário de Uberlândia).