Rede de Notícias do Sindijori MG – www.sindijorimg.com.br

Associação ajuda desempregados

A Associação Comercial e Agroindustrial de Três Pontas colocou em prática um novo modelo de preparação e encaminhamento de candidatos ao mercado de trabalho. Para quem busca o primeiro emprego, o candidato pode levar seu currículo até a sede da Associação Comercial ou encaminhar pelo e-mail. O candidato será orientado a realizar o cadastro gratuito no site da Associação e visualizar as vagas disponíveis, respondendo ainda um questionário de 38 questões chamado de ‘Análise do Perfil Comportamental’. (Correio Trespontano).

Taxa de Isolamento cai em Uberlândia

O prefeito Odelmo Leão publicou, na noite desta quinta-feira,  20, o índice de isolamento social em Uberlândia desde o dia 30 de julho. O quadro mostra que o pico da taxa foi de 44,3% no início de agosto, enquanto que o menor índice registrado foi de 36,2%, ainda na primeira semana do mês. A média de isolamento social apresentada nas últimas três semanas é de aproximadamente 37,9%. Durante todo o período exibido, a cidade não chegou aos 50% de isolamento social, taxa que é defendida pela Organização Mundial de Saúde (OMS). (Diário de Uberlândia).

Greve dos Correios tem pouca adesão

Greve dos funcionários dos Correios, iniciada na terça-feira em nível nacional não tem grande adesão em Uberaba. Segundo dados obtidos junto ao Sindicato dos Trabalhadores nos Correios, Telégrafos e Similares de Uberaba e Região (Sintect-Ura), a base registra em torno de 18% de adesão à mobilização, que acontece por tempo indeterminado. O índice  está dentro do divulgado pela estatal, que aponta que 83% do efetivo de 99 mil  empregados não interrompeu o trabalho. Hoje, os Correios contam com aproximadamente, 1,6 mil funcionários na base regional de Uberaba. (Jornal da manhã – Uberaba).

Descontaminação gera ação

O Ministério Público entrou com uma ação contra a Prefeitura Municipal de São Lourenço após questionar a eficácia das já famigeradas “Estações de Descontaminação” no combate a covid-19. Contratadas sem licitação por conta da pandemia. De acordo com o promotor Leandro Pannain Resende, as estações, ou “cabines de descontaminação” não tem nenhuma regulamentação da Agência de Vigilância Sanitária, (Anvisa), assim como o produto utilizado nelas, que segundo o MP é regulamentado pela Anvisa, porém  é recomendado apenas para superfícies e não para aplicação em seres humanos. (O Popular – São Lourenço).

Expoagro Nanuque 2020 é cancelada

O aumento do coronavírus no Brasil acendeu um alerta nas organizações das feiras agrícolas no Brasil e no mundo. Apesar de alguns eventos terem sido cancelados, outros ainda devem acontecer. O Sindicato dos Produtores Rurais de Nanuque, organizadores do evento, decidiu cancelar a exposição agropecuária  seguindo as recomendações do Ministério da Saúde e alinhando o pensamento junto à administração municipal. (Jornal do Vale – Nanuque).

Sicred em Guaxupé e Muzambinho

Primeira instituição financeira cooperativa do Brasil – através da Sicredi das Culturas RS/MG, iniciará suas atividades em Guaxupé no dia 18 de setembro e em Muzambinho em dezembro deste ano. Nesta semana, representantes da cooperativa realizaram visitas na região para a apresentação dos gerentes de Agência que estarão à frente dos trabalhos nas duas comunidades. (A Folha Regional – Muzambinho).

Recuperação no comércio de Muriaé

A parceria da Prefeitura de Muriaé  com o Sebrae continua rendendo frutos com o objetivo de promover a recuperação econômica das empresas locais. Após a consultoria online de gestão empresarial e a elaboração do novo plano de desenvolvimento (ambas já em fase de realização), as instituições anunciam agora a terceira estratégia pós-pandemia: a Rodada de Negócios Online, iniciativa que está inserida na agenda “Compre do Pequeno”, do Sebrae.  A Rodada de Negócios Online vai acontecer no dia 9 de setembro, através da plataforma digital própria do Sebrae. (Gazeta de Muriaé).

União empresarial pela cadeia produtiva da comunicação

Câmara da Comunicação e do Audiovisual se reúne de forma on-line e debate futuro do setor

A Câmara da Indústria Comunicação e do Audiovisual da FIEMG se reuniu nesta quinta-feira, 20 de agosto, de forma on-line, e debateu sobre formas de atuação conjunta entre os diversos setores que compõem essa extensa cadeia produtiva, buscando soluções que minimizem os impactos da crise causada pela pandemia do novo coronavírus sobre as empresas e trabalhadores. Uma pesquisa realizada pelo Colegiado, que foi apresentada no encontro virtual, mostra os principais problemas enfrentados neste momento.

A pesquisa realizada pela Câmara entre 9 e 20 de julho mostra que 73% dos empreendedores do audiovisual enfrentam dificuldades para honrar compromissos básicos como aluguel, contas de energia e água, além de pagar em dia os trabalhadores do setor. Cerca de 60% deles tiveram projetos paralisados em função da pandemia. Os recursos parados somam R$ 36 milhões.

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Fernandes, o momento pede diálogo aberto e franco com as diferentes instâncias governamentais, para sensibilizá-los da necessidade de direcionamento de recursos para as áreas mais afetadas. “Há verba de projetos que podem voltar a ser desenvolvidos, bem como auxílios emergenciais, que podem auxiliar de forma substantiva centenas de empresas e milhares de trabalhadores. Vamos levar, ao Estado e à União nossos pleitos nesse sentido de forma organizada”, afirma.

Durante a reunião foi apresentado ainda a criação do Grupo de Trabalho da Comunicação, dentro da Câmara, que reunirá empresas do setor de publicidade e propaganda e jornais, revistas e rádios. O GT será liderado pelo presidente do Sindicato das Agências de Propaganda de Minas Gerais (Sinapro-MG), André Lacerda.