Está em festa o nosso Jornal Panorama a comemorar gloriosos 45 Anos de Existência, de Luta, de Resiliência, de Trabalho a honrar a querida Baependi!!!

                Completou Bodas de Rubi, a enfrentar e vencer magnificamente o Tempo! Vitória!

                Valorosamente singrou os tempos, em períodos de calmaria e paz, bem como adentrou tempestades, ao longo de seu percurso como representante da voz da História e da Sociedade por ele representada. Corajoso e altaneiro viveu situações as mais diversas, desde seu nascimento humilde, em folhas de periódico impresso em condições por demais difíceis, em antigas copiadoras, evoluindo rumo ao seu admirável destino de porta-voz das décadas das quais foi e é “Testemunha Ocular”.

                Na criação do jornal, bem lá em suas raízes, encontra-se eternamente gravada, para reverência das gerações atuais e vindouras, a recordação de Dora Levenhagen, nos mais tenros anos de sua juventude, a ser estimulada pela sabedoria de seu tio Antônio Levenhagen, cidadão baependiano, cujo perfil eternizado paira altaneiramente na lembrança fotografada pela História. Dono de extraordinária visão do Futuro, foi o primeiro e o maior incentivador da criação de um noticiário baependiano. Na mudança dos tempos, quem realizou a difícil e admirável tarefa foi, de fato, Dora Levenhagen, a contar com pessoas admiráveis que com ela colaboraram… e memórias voltam à mente de Karla, nesta data de Aniversário de O Panorama: Dilermando, filho de Conceição do Rio Verde, a batalhar ao lado de Dorinha, na confecção do primeiro impresso de O Panorama. Trabalharam com a fundadora os saudosos Toninho Leopoldino, Alfredo Zamat e Sérgio Monteiro, enfrentando tudo aquilo que um jornal em processo de afirmação enfrenta. Esteve sempre à frente de toda a história do jornal Dora Levenhagen. Tornou-se sua Presidente Emérita, figura inesquecível, que legou a Baependi e ao Sul de Minas Gerais o fruto de seu inteligente e admirável trabalho.

                Os anos correram céleres…  A Vida fluiu e, após dolorosa e terrível doença e longo tratamento, Dora Levenhagen veio a falecer. Assim, assumiu a direção e a Presidência do Jornal Panorama, a pedido da mãe, em leito de morte, sua filha Karla Danitza Velásquez, a qual se encontra à frente do mesmo, honrando o ideal materno e seu admirável legado. Em 2001, ao iniciar seu trabalho, ainda em momentos de profunda dor pela ausência materna, contou com carinhoso apoio de sua irmã Leninha Velásquez e da Professora Iná Brasílio de Siqueira.

                Em seu cotidiano, a partir de então, estiveram presentes seu tio Maurício Ferreira e os amigos Jorge Maia Ferreira (Jorginho do Tatá) e João Juvelino. Giraram pelo Jornal Panorama ainda muitos colaboradores assíduos, dentre eles Figueiredo, Carlos Roberto, Waldemar, Mariela e Paloma Lopes, consolidando na alma de Karla um sentimento maravilhoso de gratidão.

                Tem a alegria de ter consigo no Panorama: Priscila Aparecida Silva e José Antônio da Silva Aguiar, fiéis ao ideal e ao trabalho jornalístico, já há anos. Atualmente o expediente no Panorama em 2020, encontra-se com os seguintes componentes: Fabiana Aparecida de Carvalho Alves, Alisson Rezende de Castro, Nara de Almeida Costa, Bruno de Souza Fonseca, Juliana Carvalho de Souza Veloso, Filipe Silva e Silva, Bruno Custódio Moraes, Alfonso Domingos Velásquez Maciel, Danitza Velásquez Maciel, Áquila Silva Alves, Joana Mara Pereira Nogueira, Maria Célia Maciel Pereira e Giovanni Alberto Barbosa, além dos assessores e consultores Liz Gomes Advogados e Associados, Gustavo Velásquez de Paiva Leite e Eduardo Afonso de Figueiredo Junior.

                Todos os que acompanharam a história do Jornal Panorama reconhecem sua extraordinária evolução, sob a direção de Karla Danitza, que o modernizou, adaptou-o às realidades que se apresentam, tais como o direcionamento da juventude aos Esportes, a promoção de Campeonatos no Sul de Minas, onde destacam-se autênticas revelações que se tornam campeãs e dimensionam suas vidas a um futuro promissor. As pesquisas jornalísticas, o acompanhamento à política regional, as entrevistas que elucidam os leitores a ampliar-lhes os conhecimentos, a elaboração de Eventos maravilhosos contam-nos da importância do Jornal Panorama na cultura da sociedade regional e local.

                Atualmente circula por 156 cidades, dinâmica e inteligentemente, levando-nos a nos orgulharmos por ser baependiano e criado por uma baependiana, que viveu muito à frente de seu tempo: Dora Levenhagen.

                Por este tempo de pandemia, O Panorama veicula seu trabalho através da mídia, em site e link, mantendo acesa a chama do sucesso e sua presença no cotidiano de seu leitores. Ao cessarem estes obscuros momentos que ora vivemos, dia virá em que a Terra, transformada e melhorada, há de revelar nossos olhares e corações moldados a uma Nova Era, em novos e magníficos Tempos. Será quando, então, voltará a circular como antes, em edições modificadas e renovadas o Jornal Panorama, um orgulho de Baependi e seu povo!

                45 Anos de Vida! Bodas de Rubi, quando esta pedra maravilhosa, em sua inigualável cor rubra, preconiza Felicidade aos Corações, Equilíbrio Espiritual, Confiança, Vitalidade e Amor!

                Que assim seja, querido Jornal Panorama! Parabéns! Votos de Felicidades e extraordinárias Realizações!!!

Iná Brasílio de Siqueira