Nos dias que estamos vivendo, com todas as novidades neste ano único. Peguei-me pensando sobre a fragilidade e o quanto a negamos, claro que houve a necessidade disso para nos proteger de ataques de outros seres humanos que observam e sabem chegar até sua fragilidade e, aí, o desmontar como um brinquedo de lego. Mas uma questão povoa minha mente, de tanto esconder a minha fragilidade, acabo me esquecendo dela e que vai sendo colocado cada vez mais fundo, guardado em um arquivo que até mesmo esqueço em qual está.

Qual nome dei a este arquivo, coloquei em documentos, OneDrive, nuvem…

Hoje quero te fazer um convite, visite teus arquivos e encontre sua fragilidade, ela está lá esperando que você a veja e a acolha. 
 
Quando a acolhemos, a vemos, ela é uma grande aliada, afinal você sabe como ela é, que tamanho tem sua cor e seu cheiro. Ela te pertence, só você pode vê-la, o outro somente a verá se tiver sua autorização ou você compartilhar a senha. Por essa razão é tão importante saber que ela existe e conhecer cada faceta dela.

 
Um exemplo: Se sou uma pessoa perfeccionista, mas nego até o último suspiro que sou e tenho que desenvolver um trabalho para minha chefe o exponho depois de pronto a um colega, para uma segunda opinião; ele critica alguns pontos, mas avalia em um bom trabalho, como minha fragilidade está muito bem escondida por mim, entendo que todo o trabalho deve ser refeito, tamanha é minha noção de perfeição.

Neste mesmo contexto, já conhecendo minha fragilidade e a acolhendo como deve ser, pegaria as colocações do meu colega, filtraria, poderia seguir uma ou outra colocação que considerasse válida, mas só. Porque lá no fundo, sei que minha necessidade de perfeição é alta, então a abraço, digo que tudo ficará bem. Nesta atitude, me acalmo, entrego meu trabalho e me surpreendo com o elogio que recebo por ele.

Você irá se surpreender de como sua fragilidade pode se tornar sua maior aliada, tente, aproveite este tempo de isolamento social e exercite olhar e entender como ela funciona.

Deixe sua Fragilidade em Alta e surpreenda-se.

Um filme que assisti e me fez pensar neste tema foi Senhor Estagiário, é ótimo, vale a pena ver e perceber o quanto podemos aprender nos conhecendo melhor.