O Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, desde as primeiras missas de hoje, 28 de julho, voltou a receber devotos e devotas nas celebrações eucarísticas.

Pe. Carlos Alberto Pereira, de Brazópolis (Foto: reprodução TV Aparecida)

A missa das 9 horas foi presidida pelo Padre Carlos Alberto Pereira, missionário redentorista que hoje completa 24 anos de ordenação sacerdotal. Com família no Sul de Minas, especialmente em Brazópolis, o padre revelou sua alegria pelo momento, em especial rendeu graças a Deus por sua caminhada e missão. “Aqui na Casa da Mãe é o momento de renovar as forças para continuar a fazer esse caminho”, evidenciou o padre, que pediu a Deus bênçãos para vencermos essa pandemia.

As máscaras não impediram de revelar no olhar de cada devoto presente a emoção de poder participar da Santa Missa. O momento da comunhão foi a total expressão do amor e alegria. Todos os devotos seguiam as orientações necessárias, com uso de máscaras, distanciamento e seguiram aos protocolos para que a retomada acontecesse.

O Santuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida celebrará missas nos seguintes horários:

2ª a 6ª feira: 6h45 | 9h | 12h | 16h

Sábado: 6h30 | 9h | 12h | 16h | 18h

Domingo: 6h | 8h | 10h | 12h | 16h | 18h.

Ainda segundo a equipe do Santuário, em caso de necessidade, devido ao número limitado de lugares no interior do Santuário, serão celebradas missas simultaneamente na Tribuna Bento XVI, com demarcação de distanciamento social no chão.

Será permitida a permanência de duas pessoas sentadas por banco, sendo uma em cada ponta, totalizando 1000 pessoas por celebração. Os visitantes de todas as idades devem utilizar máscaras de proteção, manter o distanciamento social e fazer a higienização das mãos. De acordo com o Decreto Municipal Nº 4.734, de 15 de junho de 2020, não é recomendada a participação dos seguintes grupos de pessoas:

 -Que tenham 60 anos ou mais;

– Que apresentem sintoma de gripe, independente de alteração de temperatura, ou outro sintoma compatível com a infecção pelo novo coronavírus;

– Que tenham tido contato com pessoa infectada ou com suspeita de infecção pelo novo coronavírus.

O Santuário ainda orienta que essas pessoas continuem acompanhando as celebrações pela Rede Aparecida de Comunicação.

Fotos: reprodução TV Aparecida