Aulas terão transmissão ao vivo nos dias 8, 15 e 22 de agosto e serão voltadas para estudantes de Educação Física e árbitros que desejam atuar no Movimento Paralímpico

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), por meio da sua área de Educação Paralímpica, está com inscrições abertas para seus cursos de arbitragem de natação e atletismo. As aulas gratuitas terão transmissão ao vivo nos dias 8, 15 e 22 de agosto e serão voltadas para estudantes de Educação Física e árbitros que desejam atuar no Movimento Paralímpico.  

Neste momento, as vagas serão abertas para alunos que residem nos estados das regiões Sul e Sudeste do país. Em breve, será lançado cursos online de arbitragem também para as regiões Centro-Norte e Nordeste.

 As inscrições vão até o dia 5 de agosto e podem ser realizadas pelo formulário digital. Para os interessados no curso de natação, basta clicar aqui, enquanto quem quiser optar pelo atletismo, deve acessar este link.  

Para os profissionais que desejam atuar com atletismo, as aulas serão das 14h às 18h e terão como professores Carlos Antonio Silva e Marcelo Brogno Novello. Já para a natação, as apresentações virtuais serão das 9h às 13h e os árbitros internacionais Elke Lima Trigo e Alexandre Garrafa vão ministrar os conteúdos.

 Os pré-requisitos são os mesmos para as turmas das duas modalidades. Os participantes precisam residir em um dos estados da regiões Sul ou Sudeste do país e ter concluído o curso Movimento Paralímpico: Fundamentos básicos do Esporte (disponível neste link). Funciona em formato EaD (Educação a Distância) e também é totalmente gratuito.  

Em relação aos temas das aulas, serão abordados aspectos relacionados às regras, além das principais adaptações para a prática destas modalidades, entre outros assuntos. Ao término do curso, o CPB enviará um certificado a cada participante da atividade.

 O programa de Educação Paralímpica do Comitê Paralímpico Brasileiro desenvolve cursos para a formação de técnicos, classificadores, árbitros e outros profissionais do esporte paralímpico. O programa de Educação Paralímpica também organiza cursos de capacitação em modalidades, de introdução ao Movimento Paralímpico e de utilização do esporte como ferramenta de convivência e socialização, tanto em escolas quanto em entidades assistenciais. 

 O programa também contempla curso em formato de Educação à Distância (EaD) com foco escolar, para ampliar a formação de profissionais de Educação Física na rede escolar com abrangência nacional.  

Fonte: Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro