Uma boa notícia para os fiéis católicos de Baependi. A partir de 1º de agosto, as celebrações eucarísticas serão realizadas com a presença dos fiéis. A notícia foi recebida com alegria por toda a comunidade católica.

O retorno das missas presenciais foi organizado a partir das orientações da Diocese da Campanha, seguindo as orientações municipais. De acordo com as recomendações, salienta-se que os idosos a partir de 60 anos e crianças menores de 10 anos, além das pessoas do grupo de risco, continuem acompanhando as transmissões pelas redes sociais.

Para melhor atender a todos os fiéis, nos finais de semana, as missas ocorrerão no Espaço Celebrativo localizado no Santuário de Nhá Chica. Devido sua capacidade, o local terá como atender o número de 200 fiéis que estarão em uma distância de 2 metros e meio um dos outros, um dos critérios de segurança estabelecidos pela OMS.

“Nós recebemos as orientações do bispo Dom Pedro, gradativamente, vamos poder retornar às atividades a partir de 1° de agosto, com a participação dos fiéis.  Seguindo as orientações municipais, Baependi volta às celebrações com a presença dos fiéis de uma maneira diferente, organizada e segura”, revela padre Edson, reitor do Santuário Nossa Senhor da Conceição de Nhá Chica.

Todos os procedimentos serão tomados como a distância de segurança entre as pessoas, o uso de máscara e álcool gel. O uso de máscara será durante toda a celebração. Ela só poderá ser retirada na hora da comunhão e deve ser recolocada em seguida.

Quanto ao número de fiéis presentes no Santuário de Nossa Senhora da Conceição da Beata Nhá Chica, a capacidade será de 60 pessoas, antes era de 400. E no Espaço Celebrativo, que cabe mais de 2000 mil pessoas, neste tempo serão acolhidas cerca de 200 pessoas.

Para participar das celebrações existem algumas regras e conselhos. A inscrição deverá ser feita antes pelas redes sociais, ou na secretaria da Paróquia Santa Maria ou do Santuário de Nossa Senhora da Conceição da Beata Nhá Chica. “A entrada dos fiéis será permitida até dez minutos antes do início da celebração”, comentou o padre. “Será como a porta do céu, passou da hora não entra não”, brincou o reitor do Santuário Edinho.

Também em destaque durante o bate-papo ao JORNAL PANORAMA, padre Edson incentiva que os devotos de Nhá Chica residentes em outros municípios que ainda não façam suas romarias ao Santuário, estimulando que participem das celebrações em sua cidade.

O número de celebrações também será maior. No santuário terá as missas de terça a domingo, às 15h30. No sábado serão às 10h e 15h30. No domingo, missa às 9h, 13h e 15h30, todas realizadas pelo Santuário.

A Paróquia Santa Maria também celebrará no Espaço Celebrativo nos finais de semana. Além dos horários pelo Santuário, haverá missa no sábado às 19h. No domingo às 7h, 10h, 16h e às 19h. “Somando as celebrações de sábado e domingo teremos a capacidade de 1700 pessoas”, revela padre Edinho, que completa, “Creio que com todas as celebrações acontecendo no Espaço Celebrativo iremos poder atender, de maneira satisfatória, os fiéis de Baependi”.

            Ainda de acordo com informações da Paróquia Santa Maria, o pároco Cônego Marcos Antônio Menezes Thomaz e o vigário paroquial Padre Cleiton Gregório Evaristo celebrarão durante a semana, na Igreja Matriz, às 18 horas. A capacidade da Matriz é de receber entre 50 a 60 baependianos para as missas neste tempo de pandemia.

Outra informação em destaque é que as comunidades do município de Baependi também receberão as atividades paroquiais. Missas serão celebradas, obedecendo todas as regras e restrições, sendo salientado que participe os fiéis daquela localidade. Baependi tem 32 comunidades que estão na zona urbana e rural do município.

Foto do Espaço Celebrativo: Arquivo INC

Padre Edinho em bate-papo com o Jornal Panorama em 15 de julho de 2020