Um homem que estava ameaçando uma mulher de divulgar vídeos íntimos dos dois, caso a vítima não mantivesse relação sexual com ele, foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nessa terça-feira (14). O caso é investigado em Três Corações, Sul de Minas.

As investigações da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) começaram dias antes, quando a vítima relatou que chegou a ser estuprada pelo suspeito. À polícia, a mulher disse que foi ameaçada pelo investigado. Na ocasião, ele teria afirmado que apagaria os vídeos da época em que mantiveram relacionamento amoroso.

O inquérito instaurado para apurar os fatos concluiu que o suspeito teria, inclusive, filmado o momento do estupro. Com base nisso, a Polícia Civil requereu à Justiça um mandado de busca e apreensão na casa do investigado, localizada em Varginha, a 40 quilômetros de Três Corações. Foram apreendidos cinco notebooks, um aparelho celular, um pen drive e um cartão de memória.

O suspeito foi preso em flagrante pelo crime de ameaça, e a Polícia Civil já solicitou à Justiça o mandado de prisão preventiva para os outros crimes em investigação.

Fonte: Polícia Civil de Minas Gerais
Foto: divulgação/PCMG