Segundo a reportagem do Jornal Nacional, Subiu para 12 o número de mortos na passagem do ciclone bomba pelo sul do país. O presidente Jair Bolsonaro sobrevoou as áreas mais afetadas em Santa Catarina.

O presidente desembarcou do avião usando máscara e foi recebido pela vice-governadora Daniela Reinehr. Depois, de helicóptero, sobrevoou, por 40 minutos, as cidades da Grande Florianópolis mais castigadas pelo ciclone.

Antes de voltar para Brasília, Bolsonaro teve uma reunião virtual com o governador Carlos Moisés, do PSL, que está em isolamento depois de testar positivo para a Covid-19. O presidente pediu levantamentos mais detalhados para liberação de recursos.

Na cidade de Governador Celso Ramos, 80% das construções sofreram algum tipo de dano. O ginásio de esportes veio abaixo. E são cerca de 3 mil imóveis para recuperar.

O segundo andar da casa de Francisco Petry, mestre de obras, sumiu. “Tem vizinho que diz que tem pedaço da minha casa lá. Estamos aí organizando, vendo o que dá para aproveitar de material. Vamos fazer outra, se Deus quiser”, relata.

Fonte: Jornal Nacional