Tradicional festa foi feita utilizando as redes sociais e terminou no último domingo, 14 de junho

Apesar da pandemia, que impossibilitou a presença física dos fiéis durante a trezena (iniciada 31/05), a comunidade não deixou de mostrar sua devoção a Santo Antônio, padroeiro da cidade. A trezena foi transmitida ao vivo pelas redes sociais e acompanhada por devotos da cidade e os que moram fora.

Outra coisa diferente foi que, nos anos anteriores, outros padres da diocese ou cidades próximas vinham celebrar um dia da trezena. Dessa vez coube apenas ao Padre Franségio, que assumiu a paróquia em novembro, junto com todas as pastorais realizar todas as celebrações e homenagens. Tudo foi feito com muito carinho e respeito à fé católica.

Mesmo os passavintenses ausentes puderam participar e celebrar (não por osmose) mas pela fé, esperança, confiança que o Santo é sim um mensageiro e intercessor junto a Deus. Padre Franségio, muito disposto e incansável, fez com muita humildade um trabalho evangelizador que alimentou a fé de todos que acompanharam.

Houve a celebração de Corpus Christi e carreata com o Santíssimo Sacramento abençoando a cidade. Assim como a carreata com o padroeiro abençoando e distribuindo o pãozinho que é uma tradição. A parte festiva, que este ano não pode ser realizada, foi feita de forma diferente, com um vídeo festivo, com fotos recordando os leilões, cavalgadas, fogos e a animação da Corporação Musical Alves e Cunha foi projetada nas paredes da Igreja Matriz e assistida pelos moradores das janelas de suas próprias casas ou pelas transmissões feita pelas redes sociais da paróquia. Mais uma vez, a Ricardo Produções levou emoção à muita gente. As festividades tiveram encerramento no domingo, 14, com a comemoração do Sagrado Coração.

Com a Graça de Deus, ano que vem todos poderão se encontrar dentro da igreja para essa celebração, para essa festa que é tão esperada por todos devotos fiéis de Santo Antônio.

Texto: Suzana Moreira e Anameli Diniz
Fotos: Paróquia Santo Antônio de Passa Vinte