O profissional Tiago Esteves atua no Nasf dos municípios de Olaria e Bom Jardim de Minas

Não é porque vivemos uma quarentena que devemos descuidar do corpo e, especialmente, da mente. Praticar exercícios físicos durante este período tem sido uma forma de aliviar os problemas que surgem em estar dentro de casa, como ansiedade e a compulsão alimentar.

Os resultados da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), feita pelo Ministério da Saúde, apontam que a obesidade cresceu entre os brasileiros, mas que o número de pessoas que se exercitam também subiu: de 14,7% para 39%. Outro número apontado pela pesquisa é que 13,9% da população é completamente sedentária, ou seja, não realizou nenhuma atividade física nos últimos três meses. A pesquisa reúne dados de 2019.

Com a quarentena imposta pela pandemia do coronavírus, esses números tendem a aumentar. A rotina precisa ser readaptada, desacelerada e organizada para que a saúde não fique de lado.

O professor Tiago Esteves (Foto: arquivo pessoal)

Partindo desse pensamento, o professor de educação física Tiago Esteves utiliza as redes sociais para manter seus alunos e seguidores em movimento. O profissional de 32 anos, com oito de carreira, é professor do Nasf nos municípios de Bom Jardim de Minas e Olaria e encontrou nas plataformas digitais uma forma de manter seus alunos com a mente e corpo sãos. “Propus aos meus alunos que não deixem de praticar alguma atividade física em suas casas, salientando a importância de mantermos ativos mesmo diante ao isolamento social”, afirmou.

Com o intuito de não se distanciar dos alunos e mantê-los ativos por meio das práticas corporais como promoção de saúde e melhor qualidade de vida, o profissional disponibilizou através de suas redes sociais aulas que pudessem atender todo o seu público, acontecendo três vezes por semana.

Elaine Fonseca é uma das alunas das aulas online do professor Tiago (Foto: reprodução)

A aluna Elaine Maria Resende Martins Fonseca, de Santa Rita de Jacutinga, é uma das alunas de Tiago. Aos 41 anos, Elaine pratica zumba há sete anos e comenta sobre os benefícios que as aulas online têm trazido para sua vida. “Me ajuda a quebrar o distanciamento e a me sentir melhor. As aulas me motivam, diminuem a minha ansiedade e relaxa. Fazer exercícios é importante e a dança é uma ótima opção para o corpo e a mente”, afirmou.

Com duração de cerca de 40 minutos, cada aula tem um tema diferente: às terças, é dia dos ritmos; às quartas, aula especial para o público da terceira idade, e às quintas, aula de circuitos, abrangendo treinamento de força com a utilização exclusivamente do peso corporal, resistência e flexibilidade. As aulas acontecem sempre às 19h via instagram.

E amanhã, 04 de junho, o professor Tiago participará de um bate-papo com a equipe do JORNAL PANORAMA ao vivo pelo Instagram e pelo Facebook. Não perca!