Em decreto publicado no final de abril, a Prefeitura de Seritinga liberou o funcionamento e o acesso ao interior de restaurantes. A medida foi adotada levando em conta a necessidade de adequação de locais que fornecem alimentação que ficam as margens de rodovias, fomentando o atendimento a caminhoneiros, essenciais ao abastecimento nacional.

A medida também é válida para restaurantes localizados no perímetro urbano da cidade. Para o correto funcionamento, é necessário que sejam obedecidas algumas condições, como: disponibilidade de álcool em gel 70% na entrada dos estabelecimentos; dispor de anteparo salivar em equipamentos de buffet; organizar as mesas respeitando a distância mínima de 1,5 metro entre elas; aumentar a frequência da higienização de sanitários, poltronas, pisos e superfícies; manter os ambientes ventilados e reduzir pela metade o atendimento, evitando aglomerações dentro e fora dos restaurantes.

Outra ação imposta pelo decreto 2510/2020 é o uso obrigatório de máscaras de proteção em qualquer estabelecimento público ou privado que façam atendimento ao público. O uso das máscaras é obrigatório aos funcionários e também aos consumidores. Em caso de descumprimento, o dono está sujeito à multa conforme legislação municipal vigente. Caso haja reincidência, o estabelecimento será lacrado por dez dias corridos; ainda permanecendo a infração, o local será lacrado e interditado e multado, por tempo indeterminado ou até o fim da pandemia do covid-19.

Foto: reprodução/ Prefeitura de Seritinga