Nos próximos dias, a Prefeitura Municipal de Ingaí, por meio da equipe do PSF, distribuirá para toda população do município máscaras de proteção confeccionadas em tecido. A distribuição de máscaras à população é uma das medidas tomadas pela prefeitura para evitar a proliferação do vírus causador do coronavírus.

A Prefeitura de Ingaí tem publicado diversas recomendações à população para evitar a propagação da doença. O decreto nº 952, de 17 de março, decreta situação de emergência no município em razão da pandemia da covid-19, e entre outras medidas, impõe a dispensa de licitação para aquisição de bens, serviços e insumos de saúde e a permanência em quarentena de servidores que tenham se ausentado do município em razão de férias.

No decreto 954/2020, o Executivo determina a suspensão por 60 dias de desembarque de pessoas cuja origem são regiões consideradas endêmicas e os alvarás para fretamento ou aluguel de veículos com capacidade superior a sete pessoas. No mesmo decreto, foi determinado a redução de 30% da capacidade de lotação de ônibus ou vans de transporte intermunicipal, interestadual e principalmente no transporte de passageiros para empresas existentes no município. Também ficam suspensos por 60 dias eventos que exijam licença do Poder Público, atividades coletivas em academias, shows artísticos, atividades coletivas realizadas com idosos, atividades esportivas, velórios e aglomerações em locais fechados.

Outra ação feita pelo município foi o monitoramento das principais vias de acesso ao município, com apoio da Polícia Militar. O objetivo é acompanhar o fluxo de veículos, visando garantir o controle e a segurança dos moradores, além de orientar sobre as medidas de prevenção ao vírus do covid-19. O Executivo também iniciou os trabalhos de desinfecção das ruas da cidade com solução de hipoclorito de sódio, buscando a redução da possível carga viral das vias de maior acesso de pedestres.

A recomendação do Governo do Estado de Minas Gerais e da Prefeitura Municipal de Ingaí juntamente as autoridades epidemiológicas e médicas é que a população continue em isolamento social, saindo de casa somente em caso de última necessidade, como ir a mercados e farmácias, e ainda assim, poupando que essas atividades sejam feitas por idosos ou pelo grupo de risco (asmáticos, pessoas com doenças do coração, fumantes, diabéticos).

Com informações e foto da Prefeitura Municipal de Ingaí