Jesuânia se despediu, no último domingo, 3 de maio, de uma figura das mais importantes: Mauro Noronha, ou simplesmente Tio Mauro, como era carinhosamente conhecido. Homem simples, humilde e de um coração gigantesco, foi uma pessoa pública de imensa importância para o município.

Tio Mauro era muito querido e admirado pela população jesuanense, nas mais variadas faixas etárias, reflexo da dedicação que tinha, em especial às pessoas mais carentes e necessitadas. Foi um homem que não mediu esforços para ajudar aos doentes da comunidade, especialmente os idosos e crianças; estas últimas, grande paixão da vida.   

Mauro Noronha foi prefeito de Jesuânia em dois momentos: entre 1993 e 1996 e entre 2001 e 2004.  Saiu da vida política, mas seu legado foi notório até seu último dia. O carisma dele continuava contagiante e a conversa agradava pessoas de todas as idades; a humanidade com o próximo era uma das características mais marcantes de Mauro.

Tio Mauro tinha 89 anos e teve falência múltipla dos órgãos. Deixa esposa, cinco filhos, três netos e dois bisnetos, e uma grande saudade no coração de cada jesuanense.

Devido à perda de Tio Mauro, o prefeito de Jesuânia, José Laércio, decretou luto oficial de três dias na cidade.

A Família Panorama se une em oração à sua família neste momento de luto.

Foto: reprodução da internet