Já 46% quer a volta ao trabalho de quem está fora do grupo de risco

Um levantamento feito pelo do Instituto Datafolha, divulgado nesta quarta-feira (29) pelo jornal “Folha de S.Paulo”, revela que houve empate técnico entre os brasileiros que são a favor da volta ao trabalho das pessoas que estão fora dos grupos de riscos para Covid-19 e os que defendem a continuidade do isolamento social.

Os que defendem a volta ao trabalho representam 46% dos entrevistados. Já os que apoiam o amplo isolamento social como forma de combate à expansão do novo coronavírus representam 52%.

Em relação aos brasileiros que acreditam que o governo Bolsonaro é ótimo ou bom, 67% querem a volta ao trabalho de quem não está em grupo de risco. O número cai para 26% quando a resposta é dada por quem considera o governo ruim ou péssimo.

Ainda segundo o Datafolha, subiu de 44% em março para 56% a quantidade de pessoas que acham que a população está menos preocupada com o vírus do que deveria. 

Para o resultado da pesquisa, foram ouvidas, por telefone, 1.503 pessoas em todos os estados. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Fonte e Foto: Agência do Rádio