Nesta quinta-feira (23), novos profissionais de saúde saíram de Brasília com destino a Manaus. A capital do Amazonas é uma das cidades mais afetadas pelo coronavírus, com mais de 2.800 pessoas infectadas e um número de mortes que passa de 200. Essa equipe é composta por 13 profissionais, sendo 2 fisioterapeutas, 3 médicos e 8 enfermeiros. De acordo com o ministro da Saúde, Nelson Teich, é um uma ajuda do Governo Federal ao estado. 

“A gente também embarcou hoje para Manaus, os profissionais da Força Nacional do SUS, para reforçar por lá, o combate ao novo coronavírus”. 

Pelos próximos dez dias, a equipe vai reforçar a capacidade de atendimento à população, uma vez que o município de Manaus está com capacidade de atendimento hospitalar próximo ao limite, devido à pandemia da Covid-19. Além dos esforços para melhorar a atenção à saúde da população de Manaus, o Governo Federal realizou investimento para habilitar Unidades de Terapia Intensiva por todo o país, como afirmou o ministro Teich. 

“A gente habilitou 1.134 leitos de UTI pelo Brasil, nos mais diferentes estados, e isso vai representar um investimento [para a União] no cuidado de R$163 milhões ao longo de 90 dias”. 

Vale destacar que a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) é formada por profissionais de saúde voluntários de várias áreas do Brasil e que são deslocados para agir no atendimento às vítimas de desastres naturais, calamidades públicas ou situações de risco epidemiológico e desassistência quando for superada a capacidade de resposta do estado ou município – como é o atual caso de Manaus, em relação ao coronavírus. 

E, para mais informações sobre a Covid-19, acesse coronavirus.saude.gov.br.

Fonte: Agência do Rádio