O Ministério da Saúde cumpriu a meta estipulada de vacinar pelo menos 90% dos idosos brasileiros na primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe (Foto: Robson da Silveira/ SMS PMPA)

O Ministério da Saúde cumpriu a meta estipulada de vacinar pelo menos 90% dos idosos brasileiros na primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. Além dos 20,9 milhões de idosos – 98,27% dessa população – também foram imunizados 4,2 milhões de profissionais da saúde, o que corresponde a 84,03% da meta estipulada.
 
Iniciada no dia 23 de março, a primeira etapa da campanha foi até o dia 15 de abril. Foram vacinados idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde.
 
O médico sanitarista e pesquisador da Fiocruz, Cláudio Maierovitch, explica que a prevenção à gripe é primordial nessa época do ano, pois para determinados grupos, a doença pode ser fatal:
 
“Muita gente pensa que gripe é uma doencinha, uma coisa simples, no entanto a gripe causada pelo vírus Influenza é uma doença que, além de incomodar muito, pode ser grave. Todos os anos morre muita gente de Influenza no Brasil e no mundo. O seu risco é maior principalmente para as pessoas mais idosas e para aquelas que já têm algum tipo de doença crônica – como doenças respiratórias, cardíacas, diabetes… Então é muito importante que adotem todas as medidas que forem possíveis para se prevenir da Influenza”.
 
Desde o dia 16 de abril, está sendo realizada a segunda fase da campanha, que vai priorizar membros das forças de segurança e salvamento, doentes crônicos, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, portuários e população indígena.

Ao longo da primeira etapa de vacinação, o estoque de vacinas foi distribuído de forma escalonada. Como a campanha foi antecipada, o ministério fraciona os lotes de vacinas, que ainda estão sendo produzidas pelo Instituto Butantan. A coordenadora-geral do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Francieli Fontana, explica que as suspensões temporárias estão dentro do planejamento do ministério e que não há motivo para a população se preocupar.
  
“Nós estamos fazendo a distribuição de forma escalonada, conforme as entregas que vem sendo feita pelo Instituto Butantan e, com essa distribuição, nós vamos encaminhando aos estados”.
 
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe vai até o dia 22 de maio. Ao todo, serão distribuídas 79 milhões de doses em mais de 41 mil postos de vacinação espalhados pelo Brasil. A vacina protege contra as três cepas mais comuns do vírus da gripe a A(H1N1) pdm09, A(H3N2) e Influenza B. 
 
Em caso de fila nos postos de saúde, mantenha distância de pelo menos 2 metros dos demais, principalmente os idosos. E, para mais informações sobre a campanha nacional de vacinação contra a gripe, acesse: saude.gov.br/vacinabrasil.

Fonte: Agência Rádio