Estudantes que estão na lista de espera não serão prejudicados; atividades do programa foram suspensas em virtude da pandemia do coronavírus

O Ministério da Educação (MEC) vai lançar um novo edital do Programa Universidade para Todos (Prouni). Dessa forma, os candidatos que estão na lista de espera, aguardando a análise de documentos, ou que não tiveram a oportunidade de comprovar informações junto às universidades, não serão prejudicados.

As atividades foram suspensas por conta da paralisação de diversos serviços em estados e municípios durante a pandemia do coronavírus. Mais de 90 mil pessoas que concorrem a bolsas de estudo remanescentes do programa estão nessa situação, segundo o governo federal.

O Prouni oferece bolsas de estudo integrais (100%) e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior. Segundo o MEC, assim que os serviços forem restabelecidos, os estudantes terão um prazo estendido para concluir a etapa inicial do programa.

Fonte: Agência do Rádio