A escolha de Nelson Teich para assumir o Ministério da Saúde, em substituição a Luiz Henrique Mandetta, anunciada pelo presidente da República Jair Bolsonaro na tarde desta quinta-feira (16), recebeu apoio da Associação Médica Brasileira (AMB)

A escolha de Nelson Teich para assumir o Ministério da Saúde, em substituição a Luiz Henrique Mandetta, anunciada pelo presidente da República Jair Bolsonaro na tarde desta quinta-feira (16), recebeu apoio da Associação Médica Brasileira (AMB).

Antes de ser anunciado, o oncologista participou logo pela manhã, de uma audiência com o presidente da república sobre os impactos do novo coronavírus, juntamente com representantes da AMB, entre eles o presidente da associação, Lincoln Ferreira, e o vice-presidente, Diogo Leite.

Segundo a AMB, Teich tem perfil altamente técnico, o que é importante neste momento de emergência na saúde pública, além de ser respeitado na classe médica. O oncologista, formado pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, focou sua formação na área de gestão da saúde.

Fonte: Agência do Rádio