Entre tantos atrativos do município de Virgínia, o cultivo de frutas é um destaque importante. E nesta época, o que está sendo colhido no município é a tangerina ponkan, fruta muito apreciada pelos brasileiros que logo a encontrarão disponíveis para a comercialização.

Isso porque mesmo em tempos de pandemia, o cultivo em Virgínia não tem parada. Com as devidas recomendações, os produtores têm realizado a colheita e já têm o destino certo de sua produção.

O produtor Sebastião Antunes, do Sítio Rio Acima, em Virgínia, enviou ao JORNAL PANORAMA fotos da colheita realizada. A tangerina ponkan já está sendo colhida pelo agricultores, que na maioria são membros da família do produtor.

Sebastião informa que a colheita desse ano está boa, e mesmo com as restrições, a comercialização do fruto está adequada. Os frutos colhidos em sua propriedade serão comercializados no estado de São Paulo, e um caminhão já está a caminho para a entrega.

É importante destacar que a comercialização de muitos produtos da região ocorrem como o previsto, e mesmo diante às dificuldades de comercialização, os produtores têm se superado e realizado o possível para que seus produtos tenham o destino certo: a mesa do consumidor.

Segundo a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, o estado ocupa a segunda posição no ranking nacional de produção de tangerina. Minas Gerais, segundo a Emater-MG, produz cerca de 20% da produção brasileira da fruta.

O município de Virgínia tem seu destaque no cultivo de frutas, e além da tangerina ponkan, o figo, a ameixa e o pêssego fazem parte dos produtos que desencadeiam trabalho e renda ao município. Isso tudo é muito positivo e indica que Virgínia e muitos municípios da região têm buscado de todas as formas driblar os resultados negativos da pandemia e fazer a economia girar em suas localidades.

Foto: Arquivo Pessoal

O produtor Sebastião Antunes, do Sítio Rio Acima, em Virgínia