Henrique Mandetta anunciou saída do Ministério da Saúde na tarde desta quinta-feira (16). O Presidente Jair Bolsonaro já tinha manifestado descontamento publicamente com o trabalho do agora ex-ministro na pasta.

Segundo Mandetta, ”Acabo de ouvir do presidente Jair Bolsonaro o aviso da minha demissão do Ministério da Saúde. Quero agradecer a oportunidade que me foi dada, de ser gerente do nosso SUS, de pôr de pé o projeto de melhoria da saúde dos brasileiros e de planejar o enfrentamento da pandemia do coronavírus, o grande desafio que o nosso sistema de saúde está por enfrentar. Agradeço a toda a equipe que esteve comigo no MS e desejo êxito ao meu sucessor no cargo de ministro da Saúde. Rogo a Deus e a Nossa Senhora Aparecida que abençoem muito o nosso país”, destacou Mandetta no twitter

O oncologista Nelson Teich foi o escolhido pelo presidente para substituir Mandetta no Ministério da Saúde.