Domingo de Páscoa teve missa inédita desde a inauguração do monumento, em 1931 (Foto: Alexandre Brum/Enquadrar/Estadão Conteúdo)

O Cristo Redentor se “vestiu” de médico neste domingo (12) de Páscoa em homenagem aos profissionais de Saúde, em meio à pandemia do coronavírus. Um jaleco foi projetado na estátua.

De acordo com a Arquidiocese do Rio, o Abraço de Páscoa especial é para transmitir uma “mensagem de esperança e incentivo durante este delicado momento de pandemia mundial”.

Aos pés da estátua, foi celebrada também a Consagração do Brasil — evento que só havia ocorrido uma vez: na inauguração do monumento, em 1931.

Consagração do Brasil

Em uma entrevista coletiva na semana passada, o arcebispo Dom Orani Tempesta destacou que o clima da celebração será diferente, pois uma multidão se aglomerou para acompanhar a bênção na década de 30 do século passado.

“Quando Dom Leme inaugurou o Cristo, ele fez uma oração consagrando a cidade e o país ao coração de Jesus. Tivemos outras celebrações. Mas assim como o Santo Padre fez uma oração especial, nós vamos consagrar a vida do povo e suas apreensões ao Senhor no domingo à noite”, destacou Dom Orani.

Projeção no Cristo Redentor homenageia médicos e enfermeiros e pede que população fique em casa — Foto: Alexandre Brum/Enquadrar/Estadão Conteúdo
Projeção no Cristo Redentor homenageia médicos e enfermeiros e pede que população fique em casa — Foto: Alexandre Brum/Enquadrar/Estadão Conteúdo

Fonte: Portal G1