Mãe foi diagnosticada com o vírus e só viu menina novamente após exame testar negativo. Natália Kairala e Maria Eduarda eram só emoção no encontro.

Após passar 14 dias em isolamento por conta do novo coronavírus e longe da filha de 5 anos, a médica Natália Kairala, de 27 anos, protagonizou um reencontro emocionante com a pequena Maria Eduarda. O momento foi registrado em vídeo;

A médica atua na linha de frente no combate à Covid-19 e passou a ter sintomas da doença, como perda do paladar. “Eu comecei a sentir dor nas costas, dor nas pernas e ficar muito prostrada”, conta.

A certeza do diagnóstico veio depois que o teste para o vírus deu positivo. Natália, então, teve que entrar em isolamento e ficar longe da família. Ela permaneceu na casa onde mora, mas a filha passou as duas semanas na casa da avó paterna.

Enquanto o isolamento não acabava, mãe e filha contavam os dias para se verem novamente. “A gente começou a fazer regressiva. Ela me ligava e dizia: faltam 3 dias para a gente se ver, mamãe”, conta.

O reencontro veio na semana passada, quando um exame mostrou que a médica estava curada do pelo vírus. A filha nem sabia que ia encontrar a mãe, que afirma se encher de emoção ao lembrar do momento.

“A parte mais difícil foi ficar longe da Maria. Foi muito, muito difícil. A gente sempre ficou juntinhas, por mais que meu trabalho exija muito, eu sempre me dediquei a ela.”

Fonte: G1