Devido ao novo coronavírus, locais alteraram formato da tradicional Missa de Ramos. Uma igreja evangélica da capital distribui pão e vinho em estacionamento neste domingo (5) (Foto: Fábio Lehmen/TV Anhanguera)

Em meio à preocupação com Covid-19, fiéis têm encontrado alternativas para manter as tradições religiosas vivas. Neste domingo (5), quando a Igreja Católica celebra o Domingo de Ramos, paróquias da capital, da Região Metropolitana, e do interior deram bênçãos virtuais e até no esquema “drive-thru”, mantendo a distância necessária para evitar a transmissão do novo coronavírus.

Em Goiânia, o padre Marcos Rogério, da Paróquia Nossa Senhora da Assunção, celebrou a missa online e, logo em seguida, distribuiu ramos abençoados para os fiéis que passaram de carro na porta da igreja, na Vila Itatiaia. Segundo ele, cada família deve colocar um ramo na porta de casa como símbolo da tradição que antecede a Páscoa.

A Paróquia Nossa Senhora Rosa Mística, no Setor Bueno, também celebrou a Missa de Ramos pela internet e fez a bênção dos ramos.

Padre Marcos Rogério entrega ramo abençoado para fiel em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/Instagram
Padre Marcos Rogério entrega ramo abençoado para fiel em Goiânia, Goiás — Foto: Reprodução/Instagram

Também no Setor Bueno, a Igreja Bethel, que tem realizado os cultos pela internet, está distribuindo a santa ceia no estacionamento do santuário, também no formato “drive-thru”, ao longo deste domingo. Durante a ação, serão entregues pão e vinho para pessoas de todas as idades em dois períodos: das 10h30 às 12h e das 19h30 às 21h.

Em Aparecida de Goiânia, o apresentador da TV Anhanguera Matheus Ribeiro comandou a transmissão online da missa na Paróquia São João Batista.

Em Rio Verde, fiéis fizeram uma fila de carros na porta da igreja São Sebastião para receber as bênçãos após a missa, transmitida nas redes sociais.

Fiéis recebem bênçãos dentro de carros, em Rio Verde, Goiás — Foto: Fábio Lehmen/TV Anhanguera
Fiéis recebem bênçãos dentro de carros, em Rio Verde, Goiás — Foto: Fábio Lehmen/TV Anhanguera

Fonte: Portal G1