Conhecido como o Rei do Coladinho, Paulynho Paixão era compositor e teve músicas gravadas por Xand Avião e Léo Magalhães

O cantor piauiense Paulynho Paixão morreu, na madrugada desta sexta-feira (03/04), após cair da moto. O artista tinha 43 anos. Este foi o segundo acidente que ele se envolveu na quinta-feira (02).

O carro do artista capotou por volta das 22h de quinta-feira. Apesar da gravidade, Paulynho saiu ileso do local. Segundo informações de Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o artista foi para casa, mas resolveu voltar ao local do acidente de moto.

No caminho, ele perdeu o controle da motocicleta e caiu. Paulynho não resistiu aos ferimentos e morreu. De acordo com uma amiga da família, antes de pegar a moto, o irmão do cantor pediu que ele não saísse de casa.

Paulynho fraturou as pernas. Ele foi encaminhado ao hospital de Valença, mas morreu por volta de 3h da manhã. O velório acontecerá em São Miguel da Baixa Grande, cidade natal do cantor.

Conhecido como o Rei do Coladinho, Paulynho era compositor e teve músicas gravadas por Xand Avião e Léo Magalhães.

Fonte: Metrópoles