A Prefeitura de São Vicente de Minas se esforça para que nenhum idoso da cidade deixe de ser vacinado contra a gripe. A equipe foi reforçada para possibilitar a cobertura vacinal.

A Secretaria Municipal esclarece, porém, que a distribuição das doses é feita em lotes e, por isso, pede paciência às pessoas com mais de 60 anos que ainda não receberam a vacina em suas casas.

Cada lote é distribuído para as três unidades do Programa de Saúde da Família (PSF). No primeiro, vieram 320 doses, no segundo, 210, e nesta terça-feira (31) chega o terceiro lote, com 250 doses da vacina.

A distribuição é feita pelo Ministério da Saúde, e ao município cabe apenas a aplicação. Portanto, não é de responsabilidade da administração municipal a definição do número de doses disponíveis.

Nesta primeira etapa já foram vacinados os profissionais da saúde e agora são imunizados os idosos, com a preferência para os acamados e os moradores em áreas mais vulneráveis.

Na segunda etapa, a vacina contra a gripe terá como público-alvo as crianças, as gestantes e as mulheres no pós-parto.

Os pacientes com doenças crônicas (com atestado), os profissionais da educação e as pessoas com idade entre 55 e 59 anos serão vacinados na terceira etapa.

“Pedimos a compreensão de todos. Quando um lote acaba, é necessário esperar o próximo. E a administração municipal não tem como interferir no número de doses disponíveis”, explica o prefeito Lili.

Fonte: Assessoria de comunicação da Prefeitura de São Vicente de Minas