Iniciativa do ex-presidente do TJMG des. José Fernandes Filho reúne assinaturas de dezenas de magistrados

O desembargador José Fernandes Filho conclama a comunidade judiciária a apoiar a iniciativa, na medida das possibilidades de cada um

A pandemia do coronavírus que assola o País e o consequente estrangulamento do setor de saúde, principalmente o público, despertaram o sentimento de angústia e preocupação entre a comunidade judiciária mineira.

Uma carta idealizada pelo desembargador José Fernandes Filho, ex-presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), e assinada por dezenas de magistrados pede doações para as Santas Casas de Misericórdia de Minas Gerais, que atendem a milhares de pacientes todos os dias, principalmente aqueles assistidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

No documento, o desembargador diz que magistrados, em atividade ou aposentados, pensionistas e funcionários são o rosto do Judiciário mineiro.

“Angustiados, não nos bastamos com o isolamento social, saudável, mas também defensivo. Temos vida confortável, diante de outros, muitos, sem casas, comida, empregos. Falta-lhes tudo. Estão na ala dos esquecidos e abandonados, sem voz, esperança ou futuro. A torturante angústia que nos asfixia é mais deles do que nossa”, ressalta.

O desembargador José Fernandes Filho conclama a comunidade judiciária a apoiar a iniciativa, na medida das possibilidades de cada um. “Magistrados até de outros estados ficaram sensibilizados com a situação e se dispuseram a contribuir”, afirma o ex-presidente do TJMG.

Em Minas Gerais existem hoje aproximadamente 300 hospitais filantrópicos, com grande importância para a saúde da população, principalmente a carente.

São instituições criadas pela sociedade que se mantêm sem fins lucrativos e cujo custeio está atrelado aos serviços de saúde e assistência social, predominantemente direcionados aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), ao qual dedicam em sua grande maioria mais de 60% de toda a capacidade instalada.

Em anexo, ouça o podcast com o áudio do desembargador José Fernandes Filho.

Leia aqui a íntegra da carta assinada pelos magistrados.

Contribuições

As contribuições devem ser feitas em nome da Federassantas (Federação das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos de Minas Gerais).

A instituição está localizada na Rua Maranhão, 339, 9º andar, Bairro Santa Efigênia (Belo Horizonte/MG).
O telefone é 3241-4312.

Banco Itaú
Agência: 0587
Conta corrente: 10.334-2
CNPJ: 21.943.733/0001-30

Fonte: Assessoria de Comunicação Institucional – Ascom
Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG