Centro de Transferência de Tecnologia Assistiva (CDTTA) cria grupo para organizar ações que podem auxiliar o atendimento às pessoas infectadas

O grupo procurou os hospitais da região para averiguar a situação dos Ventiladores Pulmonares, que auxiliam na manutenção da respiração do paciente com quadro de pulmões comprometidos, como pode acontecer com a evolução do COVID-19. O grupo trabalha no desenvolvimento de ventiladores pulmonares compostos parcialmente por peças 3D e componentes eletrônicos de fácil acesso para serem finalizados até o final do mês, e para produção de materiais de proteção individual em impressão 3D e outras tecnologias que podem dar suporte ao trabalho dos profissionais da saúde.

A equipe ainda formata em conjunto com diversos países e outros estados, um banco de dados sobre as maiores dificuldades com os equipamentos médicos nos cuidados com os pacientes e as possíveis soluções para agilizar o retorno das máquinas rapidamente para as UTIs. Estes contatos intensos com profissionais europeus motivaram a criação do grupo, após os relatos das dificuldades enfrentadas nos países que passam pelo pico da pandemia, devido às demandas urgentes e imprevistas, sem uma prévia preparação dos hospitais. 

De acordo com Filipe Bueno, Coordenador do Centro de Pesquisas em Engenharia Biomédica do Inatel, foi levantado que alguns ventiladores pulmonares estão parados na região e o grupo atuará para reabilitar essas tecnologias para disponibilizá-las aos hospitais. “O que os outros países estão fazendo em termos de soluções tecnológicas, nós estamos aprendendo, aproveitando e adaptando à nossa realidade para viabilizar o que precisa ser feito de forma acessível para todos” comenta o responsável pelo grupo C2W no Inatel.

Outras iniciativas estão previstas para apoiar os responsáveis técnicos e Engenheiros Biomédicos dos hospitais de todo o Brasil, como capacitação via vídeos e tutoriais para suporte. O Inatel disponibilizará seu Ventilador Pulmonar usado nas aulas da graduação para aumentar a capacidade de tratamento no Sul de Minas.

Fonte: Inatel

Ventilador pulmonar do Inatel, utilizado nas aulas de graduação,
será emprestado para hospitais para aumentar a capacidade
de atendimento.