Craque responde a matéria de jornal espanhol repercutida no blog do PVC (Foto: reprodução Instagram)

O craque Neymar respondeu por meio de nota a matéria do jornal catalão El Mundo Deportivo, repercutida no blog do PVC no sábado (28) com o título de “Neymar confinado e jogando futevôlei com parças pegou mal na Europa.” A nota deste blog não discutia o distanciamento social do jogador, mas a repercussão ruim causada na Espanha, onde se comenta a possibilidade de contratação pelo Barcelona para a próxima temporada.

Abaixo, a nota oficial divulgada neste domingo pela assessoria do craque:

Em matéria publicada na Espanha e reproduzida no Brasil, Neymar Jr é acusado de não respeitar a regra de distanciamento social recomendado pela Organização Mundial de Saúde.

A foto que motivou tal matéria, publicada em sua conta de Instagram, mostra Neymar Jr ao lado de outras pessoas que estão de quarentena com ele, pessoas que moram e viajaram juntos de Paris para o Brasil. Neymar Jr ofereceu a sua casa para que todos passassem lá estes primeiros 14 dias antes de encontrarem suas respectivas famílias.

A casa onde o atleta cumpre a quarentena é completamente isolada, permite paz e serenidade para seguir treinando e cuidando dos seus, nesse momento de dor mundial e confinamento.

Não há visitas ou reunião de negócios na casa, até porque o próprio condomínio só permite acesso a moradores. A exceção nas visitas foi seu filho, Davi Lucca, que veio ficar com o pai. Davi, sua mãe, padrasto e irmão estavam em Paris dias antes para visitá-lo.

Neymar Jr mantém distanciamento de outros familiares, como sua mãe, irmã e avó, por exemplo, por entender ser este um momento que exige esforço para o bem comum.

O atleta segue fazendo seu trabalho diário de prevenção de lesões e manutenção de sua forma física, com seu preparador físico Ricardo Rosa, aguardando ansiosamente o fim desse triste momento da humanidade e a consequente retomada da atividade profissional.

Nossa assessoria sempre esteve a disposição da imprensa, para informações e dúvidas sobre o atleta, e assim seguirá, justamente para que não tenhamos informações distorcidas como essa.

Fonte: GloboEsporte.com