Exames iniciais apontam que o primeiro-ministro de Israel não está com Covid-19, segundo as autoridades do país (Foto: Ammar Awad/Reuters)

O primeiro-ministro de Israel Benjamim Netanyahu, de 70 anos, se colocou em isolamento nesta segunda-feira (30) após ter contato com um assessor parlamentar infectado por coronavírus. Autoridades do país disseram que o premiê não deve estar com Covid-19, após exames iniciais.

Netanyahu deverá ser testado na terça-feira (31), segundo a agência Reuters. Ele já foi testado anteriormente para a doença, em 15 de março, e o resultado do exame deu negativo para Sars-Cov-2.

“Mesmo antes da investigação epidemiológica ser concluída e para dissipar qualquer dúvida, o primeiro-ministro decidiu que ele e sua equipe entrariam em confinamento”, disse um porta-voz do seu gabinete à agência France Presse.

Israel registrou mais de 4,3 mil casos confirmados de Covid-19 e ao menos 16 mortes, segundo o levantamento mais recente da universidade norte-americana Johns Hopkins.

Fonte: Portal G1