Ao todo, 15.189 pessoas morreram desde o início da pandemia, sendo 9.197 apenas no continente europeu (Foto: reprodução da web)

Dados divulgados nesta segunda-feira (23) mostram que o número de mortos pelo novo coronavírus no planeta já ultrapassou a marca de 15 mil. Ao todo, 15.189 pessoas morreram desde o início da pandemia, sendo 9.197 apenas no continente europeu.


Segundo informações da AFP, responsável por catalogar os dados, a Itália segue sendo o país mais afetado pelo coronavírus, com 5.476 mortes, seguida pela China, onde o Covid-19 matou 3.270 pessoas.

A Espanha, que aparece em terceiro lugar no ranking de óbitos, teve um novo recorde negativo relacionado a doença. Nas últimas 24 horas, mais de 400 pessoas morreram, elevando o total a 2.182. O valor representa um aumento de 27% no comparativo com o dia anterior.

Isolamento cada vez maior
O levantamento apontou ainda que mais de um bilhão de pessoas deve ser afetado por recomendações ou obrigações de permanecer em confinamento para evitar a propagação da doença em todo o mundo.

Diversos países já vinham adotando estes procedimento, como Itália, Espanha e Argentina. Porém, as inclusões de Grécia, que inicia o isolamento nesta segunda-feira (23), Colômbia, que paralisa o país na terça, e Nova Zelândia, que deve iniciar o processo na quarta, elevaram o total para a casa do bilhão.

Em outros países, como Reino Unido, Alemanha e Irã, a permanência em casa ainda não é obrigatória, apenas uma recomendação, enquanto outras nações adotam o chamado “toque de recolher” durante a noite, como Chile e Burkina Faso, no que devem ser seguidas pela Arábia Saudita a partir desta terça-feira.

Fonte: Jornal Meia Hora