Enfrentamento à pandemia está despertando o altruísmo para enfrentar medo, solidão e o tédio na quarentena

O combate ao coronavírus está estimulando diversas ações de solidariedade e união pelo país e pelo mundo – algumas, repletas de humor.

Com o isolamento, a população menos propensa à doença está se oferendo para ajudar idosos, um dos principais grupos de risco da Covid-19, ou até distribuir álcool em gel para quem precisar. Outras pessoas que enfrentam quarentena pelo mundo usam a criatividade para estimular a união e o senso de coletividade.

G1 mapeou algumas destas ações. Entre as iniciativas, estão:

  • ‘Adoção’ de idosos para aplacar a solidão
  • Aplausos a equipes médicas
  • Bingo na janela
  • Cantoria nas janelas e varandas
  • Compra para idosos
  • Distribuição de álcool em gel
  • Exercícios físicos da laje e varandas

Confira abaixo mais informações sobre os casos:

‘Adoção’ para aplicar a solidão da quarentena

Em São Paulo, uma pesquisadora resolveu criar uma campanha de ‘adoção’ de idosos para aplacar a solidão da quarentena. A iniciativa é de Marília Duque, que faz doutorado em envelhecimento e o uso de smartphones e descobriu que muitos idosos usam celular.

Ela criou um site em que detalha a ação e dá orientações para acompanhar os idosos. Entre elas, estão: mandar mensagens de manhã, de tarde e de noite, perguntar se está bem, se dormiu; ficar disponível para conversar; e dar orientações sobre como buscar ajuda médica, caso necessário.

Aplausos a equipes médicas

Pelas redes sociais e aplicativos de trocas de mensagem, espanhóis e portugueses se organizaram para ir às janelas e varandas para ovacionar e agradecer as equipes médicas de hospitais atendendo pessoas com coronavírus.

O gesto simbólico se espalhou por distintas cidades da Espanha. Usuários subiram os registros em redes sociais, e os vídeos viralizaram. Os portugueses fizeram o mesmo, aplaudindo as equipes médicas em conjunto na mesma hora e em diversos locais do país. O som das pessoas batendo palmas durante um longo período de tempo é emocionante.

Bingo na janela

Outro vídeo compartilhado nas redes mostra pessoas isoladas na Espanha jogando bingo umas com as outras pela janela — também rindo e se divertindo. “Teve que chegar uma pandemia para unir as pessoas”, comentou um usuário no Twitter. “Quem vai conferir a cartela?”, perguntou outro.

Cantoria nas janelas

Na Itália, que enfrenta um dos piores casos de transmissão da Covid-19, diversas pessoas em quarentena têm ido às janelas para cantar e aplacar a solidão.

Diversos vídeos de italianos cantando juntos das janelas e varandas no país viralizaram no fim de semana. Serenatas, trompetes, pessoas tocando com suas panelas — tudo isso criou música nas varandas da Itália.

Em Turim, no norte do país, uma cantora de ópera cantou da varanda ao lado de um violinista; em Siena, um vídeo mostra uma rua deserta à noite e residentes cantando uma canção popular típica da cidade, Canto della Verbena. Em Nápoles, no sul, pessoas em quarentena cantaram Abbracciami, do cantor Andrea Sannino.

Em Turim, no norte da Itália, cantora de ópera cantou de sua varanda — Foto: Reprodução/ BBC

Compras para idosos

Jovens de diversas partes do país estão se disponibilizando para ajudar idosos com as compras de mercado e farmácia, para evitar que eles saiam de casa e entrem em contato com o coronavírus.

Em Brasília, um grupo de pessoas está oferecendo tempo e disposição para ajudar quem está no grupo de risco para o Covid-19. Recados na redes sociais ou no elevador do prédio são os principais meios usados para comunicar a oferta de ajuda. A iniciativa foi adotada por Fernanda Dantas, uma das que usaram um bilhete para ofertar solidariedade. “Nós temos que pensar, nesse momento, no coletivo. Caso contrário a gente vai chegar em situações extremas, como por exemplo, na Itália. Ou então, testar o limite do nosso sistema de saúde pública”.

Na Bahia, um jovem de 26 anos se prontificou a comprar produtos e remédios para vizinhos idosos que precisam ficar em casa para evitar a contaminação pelo Covid-19. Ele escreveu um bilhete e espalhou cópias no condomínio onde mora.

Homem escreve bilhete para vizinhos idosos se oferecendo para ir a supermercados e farmácias como prevenção ao coronavírus — Foto: Reprodução/TV Bahia

No Rio Grande do Norte, a iniciativa também foi replicada: jovens de Mossoró oferecem a mesma ajuda a idosos de diversas partes da cidade. Victor Carneiro, de 21 anos, fez uma publicação em uma rede social e logo mais voluntários surgiram. “Eu fiz uma publicação por volta das 12h e agora (às 16h) já são 10 pessoas dispostas a ajudar. Estou organizando numa planilha os bairros em que cada ajudar”, explicou Carneiro.

Distribuição de álcool em gel

Victor Carneiro, estudante de 21 anos, se disponibilizou a ajudar os idosos — Foto: Arquivo pessoal

Em Brasília, um dono de restaurante distribuiu 100 embalagens de álcool em gel para quem quisesse pegar. Em entrevista ao G1 DF, Flavia Chaves contou sobre a experiência e disse que foi uma das pessoas beneficiadas.

Exercícios físicos – da laje para a varanda

No sul da Espanha, uma pessoa que aparenta ser instrutor de ginástica deu uma aula coletiva para os vizinhos em quarentena. Um vídeo mostra um homem em cima de uma laje e os vizinhos em suas varandas fazendo polichinelo. As gravações do momento insólito são repletas de risadas no fundo, e é possível ver o quanto os vizinhos estão se divertindo com o momento.

Fonte: Portal G1